A 2ª Circular vai ser a nova Feira Popular

Quais os requerimentos para ser vereador do trânsito e transportes em Lisboa? Será que quando colocam o anúncio indicam como factor eliminatório não perceber patavina de trânsito e transportes? É que pelas ideias que estes senhores e senhoras colocam em prática, só pode ser!

Primeiro colocam portagens na CREL porque o trânsito que circula entre os concelhos Loures e Sintra fica bem é a passar no meio da cidade. Depois fazem o prolongamento do Eixo Norte-Sul como grande alternativa à 2ª Circular. É bom para quem precisa de ir para Almada ou Seixal e vem da zona da CRIL, ou para ir ver os jogos do Benfica. Para todos os outros não serve muito.

Depois fazem obras que não lembram a ninguém. Na Av. Infante Dom Henrique decidem abolir a faixa BUS que tanta falta faz a quem usa os transportes públicos e fazem uma ciclovia. A melhor parte? A ciclovia está às moscas durante a semana e é mais fácil ver “ciclistas” a usar a estrada em vez da ciclovia.

Na 2ª Circular entopem o trânsito com uma obra megalómana para criar uma ponte pedonal e ciclovia. O resultado? trânsito caótico durante as obras, perda de lugares de estacionamento nas imediações da ponte e claro, a ponte às moscas porque quase ninguém anda ali a pé ou de bicicleta. Bom, se calhar deve dar jeito no Carnaval para atirar balões de água ao trânsito que está parado cá em baixo.

No Marquês de Pombal fazem uma rotunda dentro de outra rotunda, cortam vários acessos ao túnel do Marquês que, espantem-se, desviava imenso trânsito da zona das Amoreiras, e no fim esquecem-se do escoamento de águas e lá se fez uma piscina no meio da cidade assim que choveu. Concorrência à “praia” do Torel?

Proposta de alteração da 2ª Circular

A 2ª Circular como avenida

A nova ideia fantástica é transformar a 2ª Circular numa avenida! Vão aumentar o separador central para plantar árvores, reduzindo a largura das faixas de rodagem. A faixa da direita passa a ter um pavimento diferente e a ideia é servir apenas as entradas e saídas da 2ª Circular. Ah, e a velocidade máxima passa de 80 para 60km/h, ganha um passeio (sim, para peões) e radares de velocidade ao que parece.

Já perceberam a ideia da treta? Portanto, vamos empurrar todo o trânsito para a 2ª Circular porque não existe mais nenhuma via rápida de acesso à cidade, e agora vamos fazer um jardim porque é bonito. Quase todas as avenidas de entrada e saída da cidade escoam o trânsito para a 2ª Circular, que entope. Existem entradas e saídas quase de 100 em 100 metros (exagerando, claro) e até paragens de autocarro lá existem!

Vamos lá analisar o porquê de estas ideias serem terríveis para o trânsito em Lisboa.

Reduzir a largura das faixas
Isto é das piores coisas que se pode fazer. Um bom exemplo é a Av. Santos e Castro que faz as traseiras do Aeroporto. Tem 3 faixas, não muito largas, e tanto de um lado como do outro não existem bermas e a faixa acaba com um passeio que deve ter 30 ou 40 cm de altura, assim como o separador central. O que é que acontece aqui? Tudo a circular pela faixa do meio ou fazem-se duas faixas apenas, um ocupa metade de duas, outro ocupa outra metade e já se circula bem. E isto uma avenida com tráfego de pesados para abastecer o aeroporto de combustível.

Já estão a imaginar o filme na 2ª Circular? Autocarros e pesados mais carrinhas de distribuição lado a lado e é preciso circular com os espelhos recolhidos. Vão aumentar os toques com os condutores distraídos ou inexperientes e depois um acidente em Benfica faz trânsito até Alverca.

E eu sou a favor de árvores para capturar o CO2 dos automóveis, mas como vai ser a limpeza das bermas no Outono? Esta estrada já tem má drenagem, com folhas a tapar sarjetas como será?

Faixa da direita para entrar e sair
Esta é uma ideia tola. Os acessos de entrada e saída são maus, em vez de serem reabilitados reduz-se uma faixa para fazer de via de aceleração / saída para entrar e sair da 2ª Circular. A confusão que já existe na faixa da direita do trânsito que entra e sai vai passar para a actual faixa do meio.

Vamos ter novamente mais trânsito porque o tráfego em vez de fluir livremente em duas faixas passa a fluir apenas numa.

Redução da velocidade máxima para 60km/h
É verdade que a velocidade média da 2ª Circular deve ser bem inferior a 60km/h em hora de ponta, afinal de contas está muitas vezes o trânsito parado. Mas quando circula pode-se andar a 80, tirando no radar ao pé do McDonalds / Repsol onde ainda se faz mais trânsito porque os condutores reduzem de 80 para 60 com medo de serem multados.

Um passeio para peões
Quem é que no seu perfeito juízo alguma vez olhou para a 2ª Circular e pensou “Agora dava jeito ir a pé do Colombo ao Campo Grande por aqui”? Alguém deve ter tido esta ideia porque é o que vai ser feito em quase toda a sua extensão, e pelos esboços dá ideia que querem adicionar paragens de autocarro, ou pelo menos vão manter as existentes.

Trânsito na 2ª Circular

Os problemas da 2ª Circular

Só quem não anda lá é que não percebe que aquela estrada está mal projectada e não tem manutenção decente. De noite faltam candeeiros, alguns em acessos perigosos. O alcatrão está uma miséria com buracos enormes, já perdi a conta a reparações por causa dos buracos nas entradas e saídas. Direcção desalinhada é uma festa, em dois carros diferentes duas jantes empenadas, casquilhos e afins.

Existem acessos que têm um ângulo tão fechado e uma drenagem tão má que é comum ver carros a terem despistes a menos de 40km/h quando chove.

Existem acessos que têm entradas que vão dar a saídas da 2ª Circular que entopem completamente o trânsito. Algumas nem faixa de aceleração têm e é preciso parar para entrar na 2ª Circular. No fim desta, na Encarnação, existem acessos que estão a 90º da 2ª Circular. Nem se podem chamar acessos, são autênticos cruzamentos.

Repavimentar a 2ª Circular e tratar da sua drenagem vai reduzir grande parte dos acidentes. A reformulação ou o fecho de alguns acessos (alguns deles planeados nesta intervenção, e bem) vai reduzir o problema do tráfego em alguns pontos críticos, mas este tráfego vai precisar de alternativas e elas não existem.

ACA-M e ACP de acordo contra alterações

A ACA-M infelizmente nem sempre prima por boas ideias, mas até eles concordam que algumas das alterações propostas não fazem sentido. O ACP também está contra porque estas medidas vão piorar o escoamento do tráfego e não trazem nenhuma mais valia à cidade.

A ACA-M levanta também a questão das vias circundantes à 2ª Circular que irão aumentar o seu tráfego. Actualmente a 2ª Circular já não consegue escoar eficientemente todo o tráfego, com estas alterações o trânsito na cidade ficará caótico. O resultado é mais ruído e mais poluição.

Projecto em avaliação

É possível consultar o projecto no site da CML e até enviar um email com sugestões, ideias ou apenas mostrar o desagrado pelas alterações que vão ser feitas.

A minha ideia parva para a 2ª Circular

Com tanta ideia parva, eu tive algumas ideias que fazem mais sentido. Que tal reduzir ainda mais faixas na 2ª Circular, deixar só uma e fazer no separador central a nova Feira Popular? Uma montanha-russa, a casa do terror, os restaurantes e o cheiro a farturas e sardinha assada em vez do cheiro a gasóleo mal queimado?

E com os engarrafamentos que vamos ter podiam ser lançados novos serviços. Buzinamos duas vezes e trazem uma fartura à janela, buzinamos três vezes e vem uma dose de sardinha assada.

E para os pais de família ainda melhor, querem levar os miúdos no dia da criança, deixam-nos sair no início da 2ª Circular e quando chegarem ao final do engarrafamento, já no fim do dia, o carro está pronto para sair para o Eixo N/S e os miúdos tiveram tempo de andar em todas as atracções.

Instalação Car PC num Audi A4Jante do 106 XSISchumacher tem novo emprego

Comentários a “A 2ª Circular vai ser a nova Feira Popular”

Não existem comentários a este artigo.
Inicie a discussão, envie o seu comentário

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2016 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.