Carros de Guerra – Volkswagen – 2ª Guerra Mundial

Hoje vou falar um pouco de história, mais própriamente a história da Volkswagen, essa marca adorada pelos portugueses, país de diesel-maniacos. Vou no entanto focar essencialmente o seu papel na 2ª Guerra Mundial.

Antes de mais como podem verificar esta entrada no blog difere das outras, isto para que a leitura seja facilitada e que as imagens correspondam aos textos.

Carros de Guerra - Tatra T97O início
A Volkswagen iniciou a sua actividade na época de 1930, e o seu nome como todos sabem advêm das palavras Volks (povo) e Wagen (carro), isto porque Adolf Hitler queria que quase todos os alemães pudessem ter um carro próprio. Ferdinand Porsche na altura chegou à conclusão que o melhor design para um carro destes tinha que ser baseado no Tatra T97.

História da Tatra
Um pouco de história dentro de história, Tatra (nome com origem nas montanhas Tatra) é uma marca da República Checa. A companhia foi fundada em 1850 e começou a sua actividade a produzir carrinhas e carruagens e foi a primeira companhia a construir um carro a motor na Europa, mais precisamente em 1897, de nome Präsident. Segundo registos históricos afirma-se que a Tatra foi um dos três fabricantes de automóveis mais antigos do mundo, a seguir à Daimler Benz e à Peugeot. A produção de carros Tatra foi suspensa em 1999 mas a empresa continua a fabricar camiões.

O desenvolvimento do Käfer
Hans Ledwinka, o engenheiro austriaco responsável pelo Tatra discutiu algumas das suas ideias com Ferdinand Porsche, que as usou para produzir o Käfer (Carocha). No entanto Hitler ordenou algumas alterações ao modelo, tornando-o mais económico, fiável, fácil de usar e economicamente acessível e eficiente para reparações e peças. A intenção era que os alemães pudessem comprar o carro com um método de poupança “Fünf Mark die Woche mußt Du sparen, willst Du im eigenen Wagen fahren” (Poupe cinco Marcos por semana para conduzir o seu próprio carro), com cerca de 336,000 pessoas a aderir a este método. Após a Guerra Mundial a Volkswagen cumpriu o seu método de poupança, ao contrário da Ford que possuia um sistema semelhante. Protótipos do carro, de nome KdF-Wagen apareceram a partir de 1936, tendo o primeiro carro sido produzido em Estugarda. Nesta altura o carro já tinha a sua aparência única, redonda com o motor montado sobre o eixo traseiro e arrefecido a ar, especificações semelhantes aos do Tatra.

Erwin Komenda desenvolveu a carroçaria do protótipo, que é muito semelhante ao Carocha que conhecemos hoje em dia. Este foi um dos primeiros carros a ser desenhado recorrendo a um tunel de vento.

A fábrica na nova cidade de KdF-Stadt (agora conhecida como Wolfsburg) só produziu umas escassas unidades do modelo, quando a guerra começou em 1939. Nenhum destes carros foi entregue a quem tinha completo a sua caderneta de poupanças para ter um Carocha, embora um modelo Type 3 Cabriolet tenha sido apresentado a Hitler no seu 50º aniversário

A guerra obrigou a que a fabrica se dedicasse a produzir veículos de guerra, como o Type 81 Kübelwagen e o Schwimmwagen.

Carros de Guerra - Volkswagen KübelwagenVolkswagen Kübelwagen
Este é, sem dúvida, o nome mais comum dos modelos da Volkswagen no tempo da guerra, o Kübelwagen. Este nome era atribuido a carros militares descapotáveis. A palavra Kübelwagen é bastante usada quando se fala do modelo Volkswagen 82, uma versão militar do Carocha.

Na sua primeira encarnação cerca de 52,000 unidades foram fabricadas antes e durante a 2ª Guerra Mundial para os militares alemães, na mesma fabrica que os Carocha em Kdf-Stadt (Wolfsburg). O Kübelwagen fez o papel de jipe para os alemães mas apenas tinha tracção traseira, no entanto devido ao seu baixo peso este veículo tinha um comportamento aceitável mesmo fora de estrada.

Ferdinand Porsche desenvolveu uma versão com tracção às 4 rodas. Existiram algumas versões do Type 86 com tracção às 4 rodas, mas o projecto foi abandonado em favor ao Type 87, uma versão com tracção às 4 rodas do modelo Type 82. Apenas algumas unidades foram construidas (provavelmente meia dúzia, em Estugarda), no entanto este veículo é importante a nível histórico pois foi o primeiro veículo da Porsche com um motor de 1086cc, que foi usado mais tarde no Porsche 356. Este projecto no entanto também abandonado a favor do Schwimmwagen.

Carros de Guerra - Volkswagen SchwimmwagenVolkswagen Schwimmwagen
O Schwimmwagen (Porsche Type 128 e 166) foi um veículo amfibio usado pelo exercito alemão com alguma frequencia. Mecanicamente era baseado no Kübelwagen, que por sua vez era baseado no Carocha, e foi produzido pela Volkswagen na fábrica de Wolfsburg com a carroçaria produzida por Ambi Budd em Berlim.

Todos os Schwimmwagen tinham tracção às 4 rodas.

Conclusão
Fartei-me de escrever e descobri umas coisas interessantes nesta pesquisa que efectuei sobre os VW usados no tempo da Segunda Guerra Mundial. A Tatra mais tarde foi indeminizada pela Volkswagen em 1961 e continuou a produzir carros de luxo, ao nível dos BMW e Mercedes da altura, alguns deles com performance superior. Os veículos de guerra foram baseados no Volkswagen Käfer (Carocha), que continuou a ser produzido após a 2ª Guerra Mundial, tendo na altura como concorrentes o Citroën 2CV e o Fiat 500.

Se encontrar mais dados relevantes escrevo algo sobre os Tatra, fiquei curioso!

Wheeler DealersMythbustersAcidente na Av. da Liberdade

Comentários a “Carros de Guerra – Volkswagen – 2ª Guerra Mundial”

Joaquim Esteves comentou:
21/04/2007 20:26

Excelente, só depois de ler este texto é que fiquei a saber que a Cidade,agora com o nome de Wolfsburg ,se tinha Chamado – KdF-Stadt –
foi preciso ler isto para o ficar a saber. E vivo eu a oito anos em Wolfsburg mas até agora nada disto tinha ouvido………..

Eduardo Maio comentou:
22/04/2007 03:19

É verdade, foi fundada pelos Nazis em 1938 como KdF-Stadt.

lendro henrique comentou:
14/08/2008 00:04

boa pesquisa!
mas falta acrescenta os carros q a vw usava em intuito d matar os judeus,com isso cheganu a tecnologia q nos tenhamos hoje

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.