A visualizar apenas posts da categoria Competição

Ferrari começa com vitória em Melbourne

Parece que afinal as alterações nas regras para 2017 surtiram algum do efeito desejado. Os pneus mais largos, a asa dianteira também mais larga e a asa traseira mais baixa veio ajudar a que os carros consigam andar mais perto uns dos outros e isto animou bastante as corridas.

Vêm-se mais ultrapassagens e os carros andam mais perto uns dos outros, no ano passado seria impossível ver um carro fazer várias voltas a menos de 1 segundo do carro da frente.

E a época começou da melhor forma, com uma vitória da Ferrari e um óptimo desempenho do Bottas, que me pareceu não ter continuado a lutar pelo 2º lugar por questões internas de equipa, porque estava com andamento para chegar a essa posição.

Vettel na classificação do GP de Austrália de 2017

Espero que esta temporada se mantenha assim com uma Ferrari mais competitiva, mas parece-me que outras equipas continuam com grandes problemas de fiabilidade como a Haas, Renault e McLaren. A Red Bull decepcionou, parece não ter o andamento que se estava à espera.

Se continuar assim esta temporada vai ser bastante competitiva.

Nico Rosberg é campeão

Terminou a corrida em Abu Dhabi e Rosberg sagrou-se campeão. Foi ele, Schumacher e Brawn que começaram o que é hoje uma equipa Mercedes vencedora.

Repete assim o feito do seu pai, Keke Rosberg, que também ganhou o título.

Rosberg campeão

Infelizmente o Hamilton não fez uma corrida limpa, começou a reduzir ao máximo a velocidade a que seguia para tentar atrasar ao máximo Rosberg para que ele fosse passado pelo Vettel e Verstappen e colocou a vitória da Mercedes em risco.

Podem dizer o que quiserem, mas quando existem pedidos da equipa para deixar passar o Hamilton o Rosberg obedece, é uma equipa. O Hamilton infelizmente não olha a meios para ganhar, e segundo ele, ele perdeu o título por causa da falta de fiabilidade do seu carro. Curiosamente nos anos anteriores em que Rosberg teve mais problemas não se lembrou disso.

Mesmo Jackie Stewart disse que no tempo dele e mais antigamente ninguém corria para atrasar os outros, mas corria para ganhar corridas.

Fico contente por ter sido o Rosberg campeão, penso que é um piloto que se identifica mais com o espírito da Mercedes.

O novo formato de classificação da F1 falhou

Vettel nas boxesComeçou a temporada de 2016 da F1 e com novas equipas pensei que a classificação na Austrália ia ser interessante. Esqueci-me foi que o novo formato de classificação já tinha sido colocado em funcionamento logo neste grande prémio.

Quem jogou Need for Speed, fosse o Porsche Unleashed ou o Underground, deve conhecer o formato de corrida Lap Knockout em que a última pessoa numa volta é eliminada. Bom, isto seria a ideia mas não é bem isto. Na realidade após alguns minutos os carros com os piores tempos começam a ser eliminados a cada 90 segundos. Claro que com toda a gente a sair no inicio da classificação e a mudar de pneus e a abastecer 90 segundos não chegam para fazer a volta de saída e completar uma volta com tempo competitivo. Nem para o carro que está prestes a ser eliminado nem em certos casos para os dois seguintes.

Conclusão, em vez de termos alguma emoção na Q3 com os carros a acabarem as suas voltas e a melhorarem tempos temos um Vettel fora do carro a mais de 5 minutos do final da Q3 e a pole decidida para o Hamilton.

Os últimos 3 minutos que são os mais “mexidos” serviram para ver apenas os pilotos a serem pesados, os mecânicos a arrumar os carros e pouco mais. Foi um fiasco completo e o sentimento geral é que se deve voltar ao formato antigo já na próxima qualificação.

E o foco é tão grande no tempo que falta para um carro ser desclassificado que não vi na transmissão uma única volta decente, o foco estava apenas no contador de 90 segundos a descer e não no que os pilotos faziam na pista.

Mais uma boa corrida, desta vez na Hungria

Parece que para que um grande prémio de Formula 1 seja interessante de se ver do inicio ao fim apenas precisamos que os Mercedes não comecem nos primeiros lugares.

Foi um fim-de-semana marcado pelo falecimento do Jules Bianchi e a moral de alguns pilotos estava em baixo. O próprio circuito com um traçado antigo e estreito fazia antever uma corrida monótona, mas felizmente os Mercedes tiveram novos problemas no arranque e tudo mudou.

Apenas ponto negativo para a condução do Hamilton, sempre que não está na frente é agressivo, força outros pilotos para fora de pista mas queixa-se quando outros fazem o mesmo. O Rosberg no ano passado deu-lhe a provar um pouco do seu veneno em Spa e o rapaz não gostou. Adiante.

F1 na Hungria, 2015

Foi uma boa corrida, fiquei satisfeito com o pódio, só tive pena que o Räikkönen tivesse problemas com o carro, caso contrário seria a Ferrari nos primeiros 2 lugares.

Agora temos uma pausa no verão, sendo a próxima corrida na Bélgica, em Spa-Francorchamps a 23 de Agosto, seguido de Monza a 6 de Setembro, as minhas duas pistas favoritas de F1.

A melhor corrida até agora da época de 2015 de F1

A corrida de hoje em Silverstone foi a melhor corrida desta época de 2015 da Formula 1.

Tirando a corrida da Malásia que também foi animada, a restante época não teve qualquer emoção, sendo bastante previsível.

Se ainda não viram a corrida então parem de ler e vão ver porque vale a pena, especialmente as primeiras 25 voltas.

Na classificação Hamilton e Rosberg ficaram em primeiro e segundo lugar, com Massa e Bottas a ocupar o terceiro e quarto lugar.

Já se esperava que fosse uma corrida com os Mercedes na frente e uma luta pelo pódio entre a Williams e a Ferrari, mas o arranque dos Mercedes foi bastante fraco e antes da primeira curva já Massa estava em primeiro e Bottas em segundo lugar a ser pressionado pelo Hamilton que passou de primeiro para terceiro.

Entretanto com o Safety Car e com o Hamilton de volta ao segundo lugar, a tentar passar Massa queimou a travagem e o Bottas acabou por o passar. Deve ter sido a primeira vez nestas últimas épocas de Formula 1 que a cobertura televisiva se focou nos primeiros 4 lugares durante grande parte da corrida.

Arranque de Felipe Massa em Silverstone

Infelizmente a Williams continua a não ter estratégia para responder à Mercedes e na primeira ida às boxes acabaram por reagir ao que Hamilton fez, sem grande sucesso, tendo este passado para primeiro.

Entretanto veio a chuva e acabou por baralhar mais as coisas, e quando parecia que Rosberg ia acabar em primeiro porque Hammilton tinha os pneus sem aderência, e num golpe de sorte tanto Hammilton como Vettel pararam na altura certa e mudaram de slicks para pneus intermédios. tendo começado a chover bastante nem um minuto depois.

Novamente a Williams foi lenta a reagir e ambos os Mercedes mantiveram-se na frente, tendo Vettel passado para terceiro lugar, numa corrida em que praticamente não se ouviu falar da Ferrari, excepto pela escolha errada de Kimi ao colocar pneus intermédios numa altura em que a chuva estava a abrandar.

Hammilton à chuva em Silverstone

No final entre vários incidentes acabaram apenas 13 carros, vitória para Hammilton seguido de Rosberg, Vettel, Massa e Bottas. Alonso teve também o seu primeiro ponto esta época acabando em 10º lugar.

Foi a primeira corrida desde que começaram a usar estes novos motores V6 na Formula 1 que realmente vi com atenção do principio ao fim.

Uma boa corrida na Malásia

Em Melbourne tivemos uma corrida miserável, um mau presságio sobre o que viria aí neste campeonato de Formula 1. Poucos carros a iniciar a corrida, a Mercedes com 30 segundos de avanço sobre a Ferrari e uma McLaren e uma Red Bull inexistentes.

Felizmente hoje a corrida na Malásia foi mais animada, em muito ajudado pelo Safety Car no inicio da corrida. A McLaren continua com problemas de fiabilidade, mas já conseguiram começar a corrida com dois carros. A Red Bull acabou com ambos os carros atrás da Toro Rosso.

A corrida foi animada com várias ultrapassagens, alguns toques e alguma disputa de lugares, mesmo nos três primeiros.

Mas a surpresa foi o Vettel não ter acabado a corrida em terceiro, ficando a ver o Rosberg e o Hamilton a fugir. Conseguiu sim ganhar a corrida e mesmo o Kimi que teve um inicio de corrida atribulado conseguiu recuperar até ao 4º lugar, mostra que a Ferrari pelo menos com estas condições e este tipo de pista têm um carro competitivo.

Vettel vence na Malásia

Ao contrário do pódio de 2013 com a polémica do Multi-21 e o Rosberg a ser obrigado pela equipa a deixar o Hamilton passar, este ano foi uma festa com uma vitória da Ferrari e do Vettel que no ano passado não ganharam uma única corrida.

Tive pena do Romain, teve algum azar e a penalização na classificação também não ajudou. Ponto positivo para a Marussia que conseguiu colocar um carro em pista até ao fim da corrida. E o Alonso deve estar a pensar porque raio saiu da Ferrari.

Espero que o Schumacher tenha visto esta corrida.

A Formula E deixou muito a desejar

Formula EA Formula 1 esta temporada não tem andado grande coisa, os carros não têm som e andamos com uma novela entre o Lewis e o Nico.

Tinha alguma esperança que, já que não temos som, a Formula E fosse trazer algo de novo e com alguns pilotos já bem conhecidos da F1 e outras andanças podia ser que viesse aí algo interessante, mesmo com a treta de se votar num piloto para ter mais potência no carro.

Apenas vi o resumo, e pelo que percebi a corrida apenas tem 25 voltas e têm que trocar de carro pelo meio. A transmissão da ITV deixou muito a desejar no que toca a explicar como funciona a Formula E e não percebi porque circulavam tão devagar nas boxes.

Adiante, com os toques que houve durante a corrida percebi que estes carros são extremamente frágeis, partindo a direcção facilmente. Acho que já assisti a pancadas piores em passeios em Lisboa e o único dano que vi foi nas jantes. No final o acidente entre o Prost e o Heidfeld meteu algum medo no que toca a segurança, com o carro do Heidfeld a capotar.

Os carros são também bastante lentos, mas a pista não me pareceu ser a indicada para nada, muito mal pensada.

Pode ser que venha a melhorar, com intervalos de 1 a 2 meses entre corridas têm tempo para isso. É pena, tinha expectativas elevadas para a Formula E, pode ser que no futuro as coisas melhorem.

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.