A visualizar apenas posts da categoria Media (TV, Revistas, etc)

Carrinhas terminam o Top Gear

Top GearA culpa meus senhores e senhoras é das carrinhas! Ainda pensei que fossem as caravanas, mas não, foram as carrinhas! As carrinhas terminaram com o Top Gear. Fora de brincadeiras com o “título à Correio da Manhã” e deixando as carrinhas em paz o Top Gear terminou realmente, foi o último episódio da 8ª temporada que terminou com carrinhas, o Jenson Button a perder £20 para o Jeremy, o novo Noble M12 e claro está, mais carrinhas. Carrinhas com portas a cair, carrinhas a capotar, carrinhas a serem assaltadas, carrinhas a serem perseguidas pelo Stig. Simplesmente carrinhas por todo o lado!

Devo dizer que não estava à espera que a temporada acabasse assim, pois embora tenha sido um excelente episódio pareceu bastante “normal”. A culpa é da qualidade do programa.

A tempora foi excelente, começou com uma nova apresentadora, a Top Gear Dog e com o grande Koenigsegg CCX. Em todos os episódios tiveram aquelas histórias de puro entretenimento, como a Espace descapotável, o programa de rádio, os carros anfíbios, o Mercedes de cimento, as caravanas (inimigo nº1 do Top Gear), o Catherham a ser montado contra tempo relógio e por fim a pequena análise às carrinhas.

Top GearTop GearTop Gear

Aparentemente o Top Gear volta com novos episódios a 8 de Outubro! Felizmente são só 2 meses de pausa e Agosto até passa depressa se não apanharmos nenhuma caravana ou carrinha à frente claro está. Este próximo domingo ainda dá um episódio com os melhores momentos do Top Gear.

O último Fifth Gear da série 9

Fifth GearAcabou o Fifth Gear, e acabou no que podia ter sido um grande episódio mas para variar estragaram tudo. O segmento com o Tiff a falar do Enzo e do F1 LM podia ter sido fenomenal pois tinham os carros para isso, mas acabou por ser fraquinho. O Tom veio em caravana com um 599 da Bélgica até Itália, outro segmento que poderia ser explorado ao estilo Top Gear, mas optaram por fazer as coisas a “despachar”. Ainda falaram duma versão especial da BMW, o 320 si.

Já o segmento com o Plato foi um pouco secante, mas durou grande parte do programa. Para a semana ainda dá um episódio especial, género “best-off” e depois só temos mais Fifth Gear para a altura do Outono.

O Stig foi preso

Top GearO Top Gear está-se a tornar num programa de culto, cada vez melhor! O entretenimento está lá, os carros aparecem por arrasto.

Primeiro fizeram um teste entre três MPV, com especial destaque para a Ford S-Max que tem tudo para ser um best seller! Como sempre, sendo o Top Gear entregaram as três carrinhas ao Stig para saber qual delas era a mais rápida, depois fizeram alguns testes de estrada com alguns comentários à mistura. No final no estúdio ainda tiveram um momento de humor a tentar montar os 7 lugares da Zafira onde tiveram que pedir a ajuda de uma mulher do público e meteram a Top Gear Dog dentro da S-Max, tornando a S-Max a carrinha vencedora.

O Jeremy esteve a testar o Lamborghini Gallardo Spyder um carro que trás de volta o espirito da Lamborghini onde o que interessa não é fazer uma curva 0.05 segundos mais rápido, mas sim fazer barulho e ter um carro bruto de conduzir.

O Captain Slow fez uma corrida num 207 contra uns rapazes franceses que andam a correr pela cidade a saltar entre carros, bancos, muros… Claro que eles ganharam e a impressão sobre o 207 em relação ao 206 não foi a melhor.

No final eles tentaram montar um carro que vem em kit, um Caterham 7 em corrida contra o Stig. Enquanto iam montando e desmontando o carro o Stig ia progredindo enquanto fazia umas paragens cómicas. No final eles conseguiram montar o carro e iniciar a prova enquanto que o Stig era preso.

Top GearTop GearTop Gear

Mais um grande episódio do Top Gear.

O Tom aprende a conduzir e a Vicki vai para os montes

Fifth GearEste episódio foi um pouco estranho. O Tom e o Tiff andaram numa pista com um Gallardo, ao que parece o Tom é muito lento a conduzir e precisa de aprender umas técnicas.

Fizeram um teste não cientifico sobre as distancias de travagem e a aderência dos pneus em relação ao piso, dizendo que o mínimo legal de rasto deveria passar para 3mm e não 1.6mm. A idade dos pneus também deveria ser levada em conta, uns pneus com 5 anos normalmente já ficam gretados e a borracha fica dura e sem aderência.

O Plato esteve a testar o seu novo carro, Porsche 911 e a Vicki andou no meio dos montes a testar a L200 e a Navara e confirmou o que eu temia, a L200 ficou pior.

Tokyo Drift foi uma desilusão

The Fast and The Furious: Tokyo DriftPara ser sincero até já estava à espera pelos comentários que tenho ouvido. Antes de mais aviso os mais distraidos que não sou anti-tuning, eu gosto de carros modificados e grande parte da minha vida pessoal e profissional gira à volta deles.

O filme foi uma grande desilusão, estava à espera de melhor vou ser sincero. O elenco e a história eram uma tanga, principalmente o actor principal, outros lá se safavam. Estranhei ver no filme o verdadeiro Drift King, Keiichi Tsuchiya e o Vin Diesel no final. Tudo bem, os carros são os principais actores e a razão de ver o filme era ter acção com os carros, muito drift, mas não! Se se vão centrar demasiado nas personagens e na história paralela ao menos que o façam como deve ser.

Fiquei mal habituado com o filme do Initial D, que apesar de ter sido feito por chineses e de não ser uma cópia fiel na história dos desenhos animados japoneses, que tiveram o apoio do Keiichi Tsuchiya a explicar os termos técnicos e o comportamento dinamico dos carros, tinha muito mais acção, era mais centrado nos carros e as cenas de drift eram muito superiores e realistas! Agora todos vão ficar a pensar que um “american muscle” é bom para o drift desde que tenha um motor Nissan lá dentro, é mentira, o motor é o menos! Basta ver o caso dos famosos AE86.

Eu só vi o filme até ao fim porque queria fazer uma review ao mesmo, só me dou por contente de não o ter visto no cinema, mas tenho a certeza que vai ser um sucesso de bilheteira e os putos dos cups e dos ctr’s vão andar a trocar de carro por causa da febre “sideways”. Antes de partirem para aventuras vejam os DVD’s do BMI com o Drift King para verem que afinal “não é bem assim como no filme”.

Veredicto final, não passa de uma mistura de Need for Speed Underground com o primeiro Fast and Furious, mas com metade da acção e do interesse. Ao menos a banda sonora não era hip-hop! Vejam antes o Initial D (série animada ou o filme).

Top Gear de volta com caravanas a arder e outras pérolas

Top GearO Top Gear está de volta depois de uma longa paragem por causa do mundial, e no Top Gear tal e qual como em Portugal, acabou o mundial de futebol, começaram os incendios!

Começaram bem, a falar do Ford Mondeo ST220, um carro que pouca gente compra na Inglaterra (e noutros países). A exclusividade é tanta que apenas foram vendidos 903 ST220 contra 1050 Aston Martin DB9! O carro tem bom aspecto, mas é um Ford Mondeo e, tal como o problema geral nacional, não tem status! Falaram de outros carros sem status como o Mazda 6 MPS, um dos mais bem equipados do segmento em Portugal e do Opel (Vauxhall) Vectra GTS. Se o Top Gear influenciar as vendas vamos passar a ver mais carros franceses e japoneses na estrada, uma vez que andam a falar bastante de exclusividade e personalidade.

Todos sabemos como os apresentadores do Top Gear, especialmente o Jeremy, detestam caravanas! Pois bem, obrigaram-nos a tirar umas mini-férias com uma caravana às costas. O carro utilizado foi o Kia Cerato 1.5 a diesel que foi eleito como o “2006 Caravan Club Towcar of the Year”. Ao que parece este carro conseguiu uma velocidade máxima de 50km/h, devagar demais até para o Captain Slow, fazendo várias filas por onde passava, envergonhando os apresentadores do Top Gear. Com a caravana a balançar o carro a cadela (ou cão, já não me lembro) do Top Gear acabou por ficar mal disposta e tiveram que encostar. Ao sairem da bomba de gasolina bateram com a caravana num pilar.
Pelo caminho enganaram-se e tiveram que tentar fazer inversão de marcha, bloqueando várias vezes a estrada. Enquanto tentavam fazer a manobra furaram um pneu. Depois do pneu mudado tentaram novamente fazer a manobra até que a polícia chegou. Assim lá decidiram desengatar a caravana e virar a mesma à mão. Ao arrancarem esqueceram-se de engantar a caravana e ela ficou para trás.
Finalmente chegaram ao parque de campismo e o Captain Slow ao tentar estacionar a caravana foi contra um avançado, torcendo-o todo. No final acabaram por ter duas caravanas a arder e terminaram assim as mini-férias.

Tentaram ainda ver qual era a velocidade máxima que um carro de Formula 1 conseguia dar dentro de um pavilhão com o Stig ao volante, que experimentou primeiro com o Laceti. O Laceti fez 70mph (112km/h), o carro de Formula 1 fez 81mph (130 km/h). Aparentemente não conseguiam por a potência no chão, o carro limitava-se a patinar.

Especial atenção para o convidado especial durante as notícias, senhoras e senhores Jesus Cristo esteve a assistir ao Top Gear!

Top GearTop GearTop Gear

Para a semana temos Top Gear novamente.

Mais um episódio do Tom and Friends (aka Fifth Gear)

Fifth GearNão vale a pena, o Fifth Gear está a ficar cada vez menos interessante. Acabaram de destruir o Mercedes, o Tiff andou a testar uns carros e o Tom fez uma fuga com o Tiff no novo Citroën C6, um pouco forçado este bocado do programa, mas mostrou alguns pormenores interessantes sobre o carro. O Jason andou a testar um sistema novo da Honda, um controlo de tracção que em vez de reduzir a potência, aumenta-a compensando no equilibrio do carro. Por enquanto não mostra grandes melhorias.

O Tom foi ainda visitar um stand/feira/exposição da Toyota no Japão, onde se dão a conhecer os carros, as tecnologias, com espaços recreativos para miudos e graudos. Existe ainda um genero de museu com várias reliquias e um espaço onde se podem ver restaurações efectuadas aos carros ao vivo. Existe ainda a possibilidade de efectuar um pequeno test-drive na hora numa “pista” para o efeito. Sem dúvida uma boa experiencia que ajuda no marketing da Toyota, mostrando integridade e inovação por parte da marca!

Copyright © 2005 - 2018 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.