A visualizar apenas posts da categoria Media (TV, Revistas, etc)

Novo GT-R no Top Gear e um tal de Mr. Bean

O Top Gear voltou ao normal com o nonsense do costume, mas ainda tivemos direito a um segmento interessante com o novo GT-R que tem um disparo brutal. 100km/h em 3 segundos!

Achei interessante a comparação da velocidade em curva entre o Jaguar e o Nissan, se calhar para ajudar a “calar” a Porsche que tanto alarido fez quando o anterior GT-R fez tempos fantásticos em Nürburgring.

O convidado foi também bastante interessante, Sir Rowan Atkinson (Mr. Bean, Blackadder) com uma surpresa num Rolls-Royce e um tempo interessante na pista do Top Gear.

Novo Nissan GT-R no Top Gear

Os próximos episódios devem ser dedicados ao entretenimento com muito nonsense apesar de alguns fãs não gostarem.

Um Top Gear sobre carros? Ao que o mundo chegou!

Esta 17ª temporada do Top Gear não pára de surpreender. Desta vez tivemos um episódio totalmente dedicado a carros com muito pouco nonsense pelo meio. Parem de ler se ainda não o viram e não querem que vos estrague o episódio. :lol:

Começamos com um teste ao entre o McLaren MP4-12C e como se compara com o Ferrari 458 e o tempo que o McLaren fez na pista do Top Gear foi muito bom. Teria que ser, obrigatoriamente, ou não tivesse ele sido lá desenvolvido. O carro é bastante confortável, pois como indicou e bem o James May, não foi desenvolvido a pensar em Nürburgring.

O James May testou ainda o Range Rover Evoque que em termos de aspecto mete o X3 e o Q5 no bolso, mas não deixa de ser um “todo-terreno” de senhora para ir às compras, mas não me importava de ter um. ;)

Ainda tivemos direito a uma entrevista muito interessante com o Sebastian Vettel e uma pequena surpresa no tempo que fez na pista do Top Gear.

Top Gear com Nissan Pixo

Nota-se que foi um episódio sobre carros, até porque se lêem este blog sabem que escrevo pouco nos posts sobre episódios do Top Gear. E agora chego ao ponto sério do episódio, o segmento do Nissan Pixo.

O Nissan Pixo é um dos carros mais baratos à venda em Inglaterra e cá a história repete-se, com um preço inferior a 9 mil Euros.

No episódio focaram algo em que eu falo bastante. 9 mil Euros dava para comprar muito mais no mercado de usados. Em vez dum utilitário despido podemos ir buscar uma berlina cheia de equipamento ou um coupé.

Um ponto que importa frisar é que quem compra um Pixo não vai querer um Volvo C70 ou um Audi S3 com 11 anos, só os consumos e a manutenção são algo de astronómico para quem tem aquele valor para dispensar, mas pelo mesmo dinheiro temos muito mais carro.

Agora, algo que pode ser interessante é a quantidade de carros usados com mais equipamento e motor superior que se podem encontrar no mercado de usados, no mesmo segmento, com 1 ou 2 anos e que podem ser uma boa alternativa.

Neste episódio no entanto foram pela via do petrolhead e escolheram dois coupés com uns motores interessantes debaixo do capot. Estou no entanto curioso para ver o resultado dos testes que vão fazer a estes carros e dos custos na oficina de resolução dos pequenos problemas que vão aparecendo, normais da idade.

Top Gear com hot-hatches no Mónaco

No segundo episódio desta 17ª temporada tivemos mais um challenge típico do Top Gear com o nonsense do costume, mas o episódio terminou em alta.

O episódio começou com o James May a falar do problema de todos os carros que são testados em Nürburgring. Ele já focou este ponto várias vezes, sempre que um construtor faz tudo para o seu carro ser mais rápido nesta pista estragam a dinâmica do carro e fazem-nos uns autênticos cepos fora de pista. E com a Aston Martin parece que acontece a mesma coisa, como ele o demonstrou neste episódio.

Mas vamos ao que interessa. O desafio lançado consistia em ver qual seria o melhor hot-hatch e a comparação foi feita entre um Citroën DS3 Racing, um Renault Clio Cup e um Fiat 500 Abarth que não é considerado um hot-hatch.

Jeremy Clarkson em Monte Carlo

E o episódio terminou em alta porque, como podem ver pela imagem, o último desafio seria ver quem faria a volta mais rápida no circuito de Monte Carlo no Mónaco. O episódio em si foi um pouco parado e previsível, mas valeu bem a pena no final, principalmente pela cara de assustado do Jeremy quando a coisa ia correndo mal :lol:

Top Gear inicia a 17ª temporada com uma homenagem ao E-Type

Para aqueles que andam menos atentos, arrancou hoje uma nova temporada do Top Gear com um episódio que começou com o nonsense habitual com o Hammond a testar um Marauder civil, uma besta de 10 toneladas que faz corar qualquer Hummer.

Durante o resto do episódio as coisas melhoraram. O Jeremy testou um BMW M1, o May participou numa corrida entre um Mini e um bobsleigh como já tinha sido feito anteriormente. No final do episódio o Jeremy fez uma homenagem ao E-Type e mostrou o Eagle Speedster, um renascer do mítico E-Type mas com um preço de meio milhão de libras.

Eagle Speedster - Jaguar E-Type

Infelizmente as temporadas do Top Gear andam a ficar mais curtas e esta terá apenas 6 episódios.

Opel abre as portas ao Meriva de uma forma original

A foto já tem mais de 1 mês mas como tenho andado ocupado com o Mais Gasolina Mobile para Android e outros projectos só hoje tive tempo para escrever sobre ela.

A Opel teve uma ideia muito interessante para a publicidade ao Meriva com as FlexDoors. Curioso como todas as marcas fogem do termo pelo qual são conhecidas, portas suicidas.

Publicidade ao Opel Meriva

Vi esta publicidade na Gare do Oriente e actualmente ainda se encontra ao lado das bombas da Galp do Aeroporto. Já o tinha dito e volto a repetir, a crise que afectou a industria automóvel teve um efeito positivo nas campanhas de marketing.

Uma homenagem a Senna e vários records batidos

Ainda há pouco tempo escrevi sobre um episódio fantástico do Top Gear, mas voltaram a rebentar com a escala. Para quem se queixa tanto que o Top Gear tem sido um programa pouco virado para carros certamente vai adorar este episódio.

Comecemos pelo inicio com o Bugatti Veyron Super Sport. O Captain Slow (James May) já tinha andado com o Veyron a 407.7km/h, desta vez foi repetir a proeza com a versão Super Sport. 417.6km/h foi a velocidade atingida! Um dos pilotos de testes tentou o mesmo de seguida e conseguiu a marca ainda mais respeitável de 428.9km/h.

Veyron Super Sport no Top Gear

O Super Sport foi também testado pelo Stig e passou a ser o carro mais rápido em pista com o tempo de 1.16.8, destronando o Gumpert com um tempo de 1.17.1.

E no segmento Star in a Reasonably Priced Car tivemos a Cameron Diaz e o Tom Cruise a bater também os records em pista. O Tom Cruise é agora o convidado mais rápido em pista, terminando a sua volta em apenas 2 rodas! :o

No final tivemos provavelmente um dos melhores segmentos do Jeremy no Top Gear, bastante sério e com informações interessantes sobre o Ayrton Senna. Para os mais fanáticos, até o Schumacher coloca o Senna como o melhor piloto de sempre.

Provavelmente poderiam ter feito um documentário à parte com o Jeremy sobre o Ayrton Senna, existe conteúdo para isso.

Carro de Ayrton Senna no Top Gear

Foi um bom episódio, começou com uma corrida nonsense apenas para entretenimento e acabou por ser um grande episódio.

O Top Gear voltou com um episódio fantástico

O Top Gear voltou à duas semanas para a 15ª temporada, e se os primeiros dois episódios não foram nada de especial, o terceiro compensou bastante!

Dois carros magníficos e um assim-assim :lol:

Maserati Quattroporte no Top Gear

Uns testes à boa maneira do Top Gear, sem muita palhaçada à mistura, entre o Maserati Quattroporte S, Aston Martin Rapide e o Porsche Panamera. Três máquinas fantásticas!

Foram ainda batidos alguns recordes, e adianto-vos que o Stig ganhou um novo ódio de estimação.

Não vos revelo muito mais para não estragar o episódio! ;)

Copyright © 2005 - 2018 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.