A visualizar apenas posts da categoria Outros

Nova etiqueta de pneus em Novembro de 2012

Nova etiqueta de pneusA partir de 1 de Novembro passar a ser obrigatória a inclusão da nova etiqueta de pneus com informações em relação ao consumo de combustível, aderência em piso molhado e ruído.

Esta etiqueta vai ter um aspecto semelhante ao da eficiência energética que já é comum em electrodomésticos e agora também em casas e automóveis nalguns países.

O que me agrada bastante nesta nova etiqueta é a indicação do ruído de rolamento, algo que me tinha dado bastante jeito quando procurei pneus silenciosos para o 406 Coupé. Interessante seria também a inclusão de uma medida da duração média dos pneus, pois existem pneus macios que fazem 30.000km e outros que fazem 70.000km.

Alguns fabricantes de pneus já se adiantaram e reclassificaram toda a sua gama de pneus de acordo com as regras para a nova etiqueta. Por exemplo no site da Michelin toda a gama já tem a classificação de acordo com a nova etiqueta.

Será uma preciosa ajuda para os consumidores que não têm conhecimentos sobre os diferentes tipos de pneus.

Faleceu Sergio Pininfarina

Sergio PininfarinaFaleceu hoje Sergio Pininfarina, o homem responsável por alguns dos designs mais enigmáticos das últimas décadas.

Ferrari Testarossa, F40, Enzo, 456GT e 612 Scaglietti são algumas das suas criações.

Mas não desenhava apenas para a Ferrari, foi responsável por outros carros como o Maserati Quattroporte e GranTurismo, Bentley Azure e até o meu antigo carro, o 406 Coupé!

Depois da morte de Andrea em 2008 e agora de Sergio veremos qual será o futuro da Pininfarina que está em dificuldades financeiras.

Carros a GPL em parques subterrâneos

Abastecer com GPLFoi aprovado por unanimidade pelo parlamento um diploma para a alteração do decreto de lei do GPL e GNC, com alterações que vinham a ser reivindicadas pelos profissionais do sector e consumidores à vários anos.

Pela actual lei os carros a GPL devem usar um dístico identificador e não podem estacionar em parques subterrâneos, estes são os dois maiores entraves à instalação do GPL.

De acordo com o novo diploma os carros a GPL cujos componentes tenham sido aprovados passam a poder estacionar em parques fechados abaixo do nível do solo. Presumo que por componentes aprovados indiquem as válvulas de segurança, pelo que qualquer carro a GPL que tenha sido convertido nos últimos 10 anos já possui estes componentes. As minhas dúvidas estão relacionadas com as especificidades dos parques de estacionamento que devem ser ventilados e cumprir as normas contra incêndios.

Este diploma ainda necessita de sair em Diário da República para entrar em vigor, mas temo que existam poucas alterações porque não sei o que consideram como ventilação adequada, se a já existente nos actuais parques ou se será necessária ventilação adicional ao nível do solo. Logo veremos quando o decreto de lei for aprovado.

São no entanto boas notícias para os consumidores de GPL, até porque o preço do GPL está novamente a descer.

É proibido vender carros a gasolina?

Motor Jaguar a gasóleoRecentemente andei pelo Auto Sapo e Standvirtual à procura de um carro a gasolina recente com estofos em pele, ar condicionado e com alguma potência até aos 20.000 Eur. A impressão com que fiquei é que nos últimos 6 anos apenas se venderam Cooper S e Golf GTI.

No Standvirtual com os mesmos parâmetros de pesquisa tenho 24 resultados para carros a gasolina e 246 resultados para carros a gasóleo. Comprar um carro usado a gasolina com algum equipamento e potência está a tornar-se complicado, e os bons resultados para estes valores que encontrei em 2006 quando comprei o 406 Coupé desapareceram.

O pior mesmo foi quando fiz a mesma pesquisa para carros a gasóleo e encontrei carros mais recentes, com menos quilómetros e mais equipamento ao mesmo preço que outros a gasolina com mais 2 anos em cima. A famosa desvalorização que tanto apregoavam afinal desapareceu, o mercado está inundado de carros a gasóleo.

Mas achei estranho este fenómeno. A partir de 06/2007 até percebo porque o IUC passou a ter um valor obsceno, mas porque raio vinham as versões a gasóleo mais equipadas do que a gasolina? Decidi fazer algumas configurações de carros novos e fiquei espantado.

No configurador da Citroën um C5 apenas tem disponível um motor de 155cv a gasolina na versão Seduction. Se quisermos mais equipamento temos que optar pela motorização a gasóleo. Mas a Citroën também já só vende o C6 a gasóleo e até lançaram um híbrido a gasóleo, será um mau exemplo.

Acedi então ao configurador da Chevrolet e fiz a mesma experiência com o Cruze porque apenas tem dois motores semelhantes. Exactamente a mesma coisa, apenas na versão a gasóleo é possível escolher estofos em pele e ter acesso às jantes em 17″.

A mesma história repete-se com outros fabricantes, parece que evitam ao máximo vender carros a gasolina, ou então o carro a gasolina passou a ser um carro de pobre apesar dos consumos e do preço elevado da gasolina :lol: As poucas excepções aparecem nos japoneses e alguns alemães, mas mesmo nesses nos usados só se encontram a gasóleo, com a excepção de alguns híbridos ou modelos que apenas permitiam um motor a gasolina.

O mercado dos usados não está famoso para comprar uma máquina recente a gasolina.

Aprender a poupar no combustível é imperativo!

Abastecimento de combustívelMais uma semana de aumentos e desta vez o preço médio de todos os combustíveis bateu um máximo histórico. Gasolina, Gasóleo e GPL Auto estão nos valores mais altos de sempre!

Basta uma visita rápida às estatísticas do Mais Gasolina para vermos o aumento considerável em todos estes combustíveis.

O preço médio por litro da Gasolina SC95 já aumentou este ano 14,4 cêntimos, enquanto que o Gasóleo aumentou 7,6 cêntimos e o GPL Auto 3,7 cêntimos.

Tendo em conta estes novos aumentos, e porque vamos relaxando a nossa maneira de conduzir, é bom relembrar algumas noções de ecodriving que nos ajudam a poupar no combustível.

Relembro então alguns pontos que já foram discutidos anteriormente aqui no blog.

Desligar o carro quando se espera para abastecer

Se estão numa fila para abastecer o vosso carro então desliguem-no. Um carro ao ralenti pode consumir entre 0.5l/h a 1.5l/h. Existe uma razão pela qual os carros modernos trazem tecnologias como o start-stop. Se vão ficar imobilizados mais de 15 a 30 segundos então compensa sempre desligar o carro.

Manter o carro “afinado”

Se o vosso carro tem uma manutenção descuidada então podem estar a gastar combustível desnecessariamente. Pneus com pressão em baixo, um filtro de ar sujo ou umas velas queimadas (no caso de motores a gasolina) podem aumentar o consumo de um carro em 1l/100km.

Ao preço actual da SC95 um aumento destes em 1000km equivale a uma perda de €17!

Praticar uma condução ecológica

Já dei aqui várias dicas sobre como conduzir de forma a poupar combustível. Não travem nas descidas, se tiverem uma subida devem até acelerar para ganhar balanço, caso contrário deixem o carro engatado sem acelerar para o consumo ser 0. E não desengatem o carro nas descidas, além de ser perigoso gastam combustível de forma desnecessária.

Conduzam sempre com atenção ao que se passa à vossa frente para evitarem travagens exageradas e perdas de velocidade. Se mantiverem uma velocidade constante irão poupar combustível e na manutenção do carro.

Evitar percursos curtos

Um motor frio consome mais combustível. Deve-se por isso evitar pequenos percursos, principalmente se apenas vão ao café na rua de cima, não levem o carro. Se a vossa viagem tiver várias paragens devem tentar ir primeiro ao ponto mais longe para o motor ter tempo de aquecer e permitir assim uma queima de combustível mais eficiente.

Abastecer onde é mais barato

Esta é óbvia. Consultem o Mais Gasolina para saberem onde ficam os postos mais baratos e aproveitem os descontos de fim-de-semana ou os descontos ao 3º Domingo de cada mês que têm sido feitos na Galp e Repsol.

Tecnologia sem sentido nos automóveis novos

Touchscreen num carroAo ver um programa da NBC sobre o salão de Detroit fiquei a pensar que estamos a usar tecnologia sem sentido nalguns automóveis. O programa era terrível, só falavam dos carros americanos e parecia que estavam a debitar as press-releases. O que me chamou a atenção foi os equipamentos que estes carros agora trazem.

Qualquer carro tinha como novidade os LCD’s e touchscreens, ter chamadas de mãos livres, rádios com comando por voz e por aí fora.

Um carro com um ecrã de 7″ pode ser interessante, mas não é como touchscreen. Já experimentaram manusear um telemóvel touchscreen sem estar a olhar para ele? Quando tinham teclas eu até escrevia SMS sem olhar para o telemóvel, tal como estou a fazer agora enquanto estou a escrever, não olho para o teclado.

Então num carro ter um touchscreen para controlar tudo e mais alguma coisa é contraproducente. Pior mesmo só um concept que apresentaram que até os controlos para abrir e fechar os vidros eram por touchscreen. Eu abro os vidros do meu carro sem procurar pelo botão e quando lá tenho o dedo o meu tacto diz-me se estou a controlar o vidro certo e sei que tipo de movimento tenho que fazer para abrir ou fechar o vidro. Numa altura que os filmes em 3D estão na moda queremos passar para controlos em 2D.

Preocupa-me um pouco que um carro, onde precisamos de ter os olhos na estrada, comece a ser operado por touchscreens a torto e a direito. Faz muito mais sentido um sistema como o iDrive da BMW ou o MMI da Audi. Embora sejam complicados de usar ao início têm um feedback em termos de tacto que um touchscreen não tem e não nos obriga a inclinar para o meio do carro para carregar numa opção. E se o iDrive já tem as criticas que tem, imaginem sistemas totalmente touchscreen.

Mas lá está, no programa só falaram de carros dos 3 grandes de Detroit, pode ter sido esse o problema.

Gasóleo já só custa menos 9 cent/litro

Abastecer com gasóleo está cada vez mais caroA diferença de preço por litro entre o gasóleo e a gasolina encontra-se nos 9 cent/litro de acordo com os dados do Mais Gasolina, e ainda faltam algumas petrolíferas actualizarem os preços nas bombas, o que deve acontecer amanhã e quarta-feira.

Voltamos assim aos mesmos valores de Junho de 2008, e com as actualizações de preços adicionais provavelmente a diferença de preços ficará ainda mais reduzida. Na Galp por exemplo a diferença é de apenas 7,5 cent/litro e o preço do gasóleo Gforce encontra-se mais alto que o preço da gasolina de 95 octanas.

Caso a proposta europeia de nivelar os impostos entre gasolina e gasóleo o preço deste poderá disparar ainda mais, uma vez que o gasóleo sem impostos é mais caro que a gasolina.

Espero que tenham aproveitado as promoções deste último Domingo para atestar os vossos carros.

Copyright © 2005 - 2018 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.