Coisas que me chateiam: Ambulâncias

Ambulância do INEMO que me chateia não são as ambulâncias mas sim a atitude de certos condutores para com as ambulâncias! Começo a achar que entre um hospital a uma distância de 10km numa estrada com tráfego contra outro a uma distância de 30km numa estrada livre, prefiro ser atendido no segundo, é que se a minha vida depender de alguns condutores bem que posso morrer pelo caminho.

“Estás a exagerar” pensam vocês. Bom, estava eu parado num semáforo já a ouvir a ambulância à algum tempo, ainda ela vinha bem longe, e lá me encostei o mais à direita possível e cheguei o carro à frente. O velhote atrás de mim tinha o carro todo para a esquerda, nem as motas deixava passar, não se dignou a mexer o carro um centímetro que fosse. Para trás a história repetia-se, tudo impávido e sereno e a ambulância com a sirene ligada e já a buzinar para prosseguir com a marcha de urgência. O sinal abriu, eu passei pelo hospital primeiro que a ambulância, e note-se que estávamos a escassos 900 metros do hospital, se fossem a empurrar a maca pelo passeio tinham chegado mais cedo.

Pergunto eu, o que vai na cabeça destas pessoas que não deixam passar uma ambulância? Só falta começarem a reclamar “Escolhesses outra hora para ter um ataque cardíaco” ou “Mete um bocado de água oxigenada que isso passa”.

Esta visão triste diz muito sobre nós e sobre o nosso comportamento egocêntrico na estrada, e isto não me chateia, irrita-me mesmo!

Comentários a “Coisas que me chateiam: Ambulâncias”

Daniel Marques comentou:
02/04/2008 14:34

Eu não sei se um polícia ao assistir a essa situação poderá autuar os condutores. Mas se não pode, devia poder. E mais, eu nestas coisas não tenho receio de mostrar o meu extremismo, é que se a pessoa ficar com danos irreversíveis ou se morrer, os condutores que se atravessaram no caminho da ambulância e não colaboraram na libertação da via, deviam ser responsabilizados e responder em tribunal.

Joel Calado comentou:
03/04/2008 12:47

É incrível o que algumas pessoas andam a fazer na estrada.
Quanto a mim, mal começo a ouvir a ambulância, reduzo a velocidade e encosto-me à berma o mais que posso.

Sinceramente desejo que essas pessoas nunca tenham de chegar a um hospital em urgência. Porque o que mereciam era que lhes fizessem o mesmo.

José Santana comentou:
09/04/2008 19:20

Aqui está uma questão que por vezes me faz pensar quando assisto a situações idênticas.

Já presenciei a situações semelhantes à que o Eduardo apresentou, mesmo sendo veículos da polícia em marcha de urgência e bombeiros…
O egocêntrismo dos nossos condutores é de meter medo.

Penso que o código da estrada tem algo acerca de se facilitar o caminho a veículos em urgência, ou não?

Sempre que verifico esse tipo de situações, coloco 4 piscas e passo para a berma se for possível.

MARCIA comentou:
05/11/2008 12:19

concordo com tudo que se fala sobre o carros em relação a passagem de ambulância, mas hoje mesmo meu coração quase saiu pela boca e sabe porque? um motorista com traseira escrito toesa/prefeitura quase leva a lateral do meu carro, sendo que o mesmo não estava com sirene ligada, eu parada em um sinal luminoso, vejo passar levando o meu retrovisor direito, ele na contramão, tentei seguir o indivíduo, consegui anotar a placa LSF 0438 ,mais nada, pois o cara se julgava o próprio Felipe Massa.Não é um absurdo, salva vidas ou tira vidas?

Reinaldo comentou:
06/05/2009 02:49

Concordo plenamente que devemos dar passagem a ambulancias, mas essa não é a opnião dos Detrans, pois tive minha carta cassada por causa de 7 pontos que “ganhei” por passar em um farol que tinha radar para dar passagem a uma ambulancia.
recorri da multa 3 x recorri na cassação da carta e não teve jeito….procurei na internet e achei alguem do detran de São Bernardo dizendo que todos que passam farol alegam isso ou que estavam fugindo de assalto.
Resumindo: se cair numa situação dessa, vc já é culpado e ponto final.
seus direito vão pro lixo, e vc é culpado a menos que consiga provar que não é.
e se provar eles ignoram mesmo assim.

Mário comentou:
03/09/2010 10:53

Ainda ontem me aconteceu uma situação com uma ambulância.. pelas 2245 vinha eu na póvoa de sto adrião no sentido para odivelas e vem um outro carro no sentido oposto. uma ambulÂncia aproxima-se por trás dessa viatura e eu encosto à direita e paro, para a ambulância conseguir ultrapassar o carro e prosseguir. Ora qual não é o meu espanto quando me apercebo que o outro condutor so parou quase ao meu lado e eu ainda tive que fazer marcha atras para a ambulância passar…. valeu que não vinha ninguém atras de mim naquele momento.. Há de facto comportamentos deploráveis relativos a deixar passar quem vai em emergência e merecia uma correcção ou mais sensibilização. Mas e agora se eu lhes disser que o meu tio em 1998 foi multado por passar um vermelho para deixar passar uma ambulância?! esta é que ninguém esperava… penso que o agente so poderia tar alcoolizado e ele também o pensou e até hoje guarda o impresso do auto de ocorrência… há algo de errado neste país relativamente às estradas e a tudo o que lhes diz respeito.

Cumprimentos

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.