Coisas que me chateiam: Combustíveis

Ferrari F430Vou iniciar uma nova “rubrica” aqui no blog, era para lhe chamar coisas que me irritam, mas como até sou uma pessoa pacifica e nem me irrito com estas coisas ficou com o nome Coisas que me chateiam.

Vou iniciar a rubrica falando dos combustíveis. Num fórum de automóveis tiraram a foto a um Ferrari F430, e prontamente alguém disse que tinha visto este carro abastecer no E.Leclerc, e desataram a tecer elogios ao seu proprietário porque era inteligente e não era a esbanjar dinheiro em gasolina cara que ia ter possibilidades para comprar um Ferrari.

Até aqui tudo bem, mas porque raio é se eu abastecer um BMW M5 com gasolina do E.Leclerc (95 ou 98 octanas) sou inteligente mas se o abastecer a GPL (100 octanas) já dizem que estraguei o carro?

O mesmo se passa com os carros a gasóleo, comprar um desportivo a gasolina é ser-se burro, já comprar o mesmo modelo mas numa versão a gasóleo é equivalente ao supra-sumo da inteligencia, mesmo que se tenha dado mais €5000 pelo carro e depois se ande a abrir sem poupar no combustível.

Estas igualdades desiguais chateiam-me.

Bomba da GalpTop GearAlfa Romeo 8C Spider

Comentários a “Coisas que me chateiam: Combustíveis”

Daniel Marques comentou:
25/02/2008 19:21

Epá, desculpa lá, mas alguém que pense em poupar combustível nunca compra um Ferrari F430.

É o que dizias no outro dia, passar dum vulgar carro compacto a gasolina para uma bomba, meter GPL e ficar a gastar o mesmo em combustível.

Chama-se a isso vaidade, não economia.

DarkGoth comentou:
25/02/2008 19:45

devemos sempre popar seja com que carro for

Eduardo Maio comentou:
25/02/2008 20:11

É verdade que nos devemos preocupar em poupar dinheiro, seja em que carro for, mas existem limites. Não faz sentido comprar um Volvo S80 e depois meter pneus Nankang e usar os mesmos até ficarem os arames visíveis.

Mas na questão do combustível, o problema é mesmo a ideia pré-concebida. É um pouco como comprar um R8 TDI e dizer que é uma compra inteligente e que até deve meter gasóleo no Jumbo, estamos a falar de um suposto desportivo com um motor a gasóleo, mas ter um Porsche Cayenne a GPL é ser parvo.

Em relação a essas trocas de utilitários a gasolina para máquinas a GPL, isso é um grande erro que muita gente está a fazer, mas não é de estranhar. O pessoal só vê o preço por litro ou quantos quilómetros fazem com X Euros na hora de comprar, depois esquecem-se do resto.

Jardel comentou:
01/03/2008 17:19

Ja que estamos a falar em poupar gasolina e etc, na vossa opiniao, reduzir uma mudança, para travar com o motor gasta combustivel??? Não sei se me fiz entender.

P.ex, estao numa descida a 60km\h e para nao ter que travar muito metem uma 3º, será que isso gasta muita gasolina??’

Obrigado.

Eduardo Maio comentou:
01/03/2008 19:35

Depende, nos carros a carburador gasta combustível, nos carros a injecção existe um corte a partir de uma determinada rotação, assim se não tivermos a carregar no acelerador não existe consumo.

No entanto, ao mudarmos de mudança vai existir consumo de combustível porque estamos a “desligar” o motor das rodas e deixa de existir marcha por inércia para manter o motor a rodar sem combustível.

Portanto, se for de injecção e estiver numa descida em 3ª, desde que circule acima das 1500~2000rpm (varia de carro para carro) não vai a gastar combustível.

Já agora, um artigo interessante sobre eco-driving.

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.