Cuidado com as pistolas azuis de GPL da Galp

Posto Galp com GPL AutoOntem dirigi-me à Galp do Aeroporto sentido N/S para abastecer GPL Auto como faço pontualmente (1 a 2 vezes por mês). Verifiquei que a pistola era nova, uma pistola azul, e as únicas vezes que tinha visto aquela pistola naquele posto este estava sempre fora de serviço.

Infelizmente percebi mais tarde porquê, tal como percebi porque é que a ilha de abastecimento de GPL em Pombal esteve fechada dois dias seguidos. Neste último caso ainda bem, abasteci na Cepsa no IP3 e o GPL é tão bom como o da Repsol.

Voltando ao tema, coloco o adaptador e a pistola como sempre o fiz certificando-me que este está bem colocado e pressiono o botão de abastecer sem saber o que me ia acontecer. Começou a sair gás a toda a pressão da pistola, ainda sairam 4 litros de gás mesmo largando o botão de enchimento e pressionando o botão de emergência. Foi de tal forma intenso que boa parte da lateral do meu carro ficou branca com uma camada de gelo provocada pela descarga de gás!

Como nem a pistola conseguia tirar porque ficou congelada deixei ficar tudo como estava e dirigi-me ao posto para reclamar desta situação e eis que o empregado me diz que provavelmente o meu adaptador não é compatível com as novas pistolas de GPL Auto da Galp. Perguntei-lhe porque não está afixada essa informação na bomba ao qual o funcionário encolheu os ombros e foi-se embora.

Felizmente deixei o carro cerca de 1 metro atrás do local habitual, tendo a pistola ficado afastada do local onde estou a pressionar o botão, caso contrário poderia ter sofrido queimaduras!

Dirigi-me então ao posto da Galp no sentido S/N onde um senhor estava com as mesmas dificuldades que eu. Parei o carro e disse-lhe o que me tinha sucedido e a explicação que me tinham dado, entretanto lá veio uma funcionária equipada com luvas para tentar resolver a situação mas sem sucesso.

Mais tarde passei novamente pelo mesmo posto no sentido N/S e a bomba de GPL já se encontrava fora de serviço.

Quando cheguei a casa consultei o fórum Autogás e verifiquei que mais gente se queixa da mesma situação, portanto, tal como confirmei in-loco na outra bomba e agora no fórum, existem vários problemas com a nova pistola e existem casos de queimaduras no abastecimento!

Já efectuei a devida reclamação nos meios que concernem este tipo de situação e fico a aguardar uma resposta da Galp que a meu ver tem total responsabilidade pois sabe de antemão que os adaptadores não são compatíveis mas não soube zelar pela segurança dos seus clientes informando-os de tal facto.

Acabei por fazer uns quilómetros extra e abasteci na Repsol sem qualquer problema ou fuga de gás.

Comentários a “Cuidado com as pistolas azuis de GPL da Galp”

F. Amaral comentou:
24/08/2008 14:40

Em Aveiras e Alcochete também fora de serviço por causa da pistola

Daniel Marques comentou:
25/08/2008 03:36

Mas esses tipos são estúpidos ou quê? (Porque raio ainda faço a pergunta…)

Gizmo GTI comentou:
25/08/2008 14:35

Na a13 em salvaterra ta fechado o gpl

STINGER_ comentou:
25/08/2008 22:42

Portugal no seu melhor, enfim.

Abraço

STINGER_

José Santana comentou:
26/08/2008 17:01

Eduardo, felizmente que não houve qualquer problema para ti, como queimaduras.

Desculpa lá a minha ignorância, mas essa “(…) boa parte da lateral do meu carro ficou branca com uma camada de gelo provocada pela descarga de gás! (…)” não te causará problemas na pintura? E o facto de a pistola ter congelado quando estava colocada, não trará complicação ao carro e a todo o sistema de GPL?

Abraço

Eduardo Maio comentou:
26/08/2008 18:13

F. Amaral em Alcochete também já confirmei que se encontra fora de serviço no sentido S/N

Daniel espanta-me mesmo como encaram com tanta leviandade uma questão tão séria como esta.

STINGER_ obrigado por apareceres, grande abraço ;)

José isso foi uma das coisas que decidi logo verificar, felizmente a pintura encontra-se em bom estado. Em relação ao sistema de GPL o único local a congelar foi o adaptador onde encaixa a pistola, como não existem ali borrachas nem nada do género (apenas alumínio e cobre) não existiram quaisquer danos, até porque nem chegou a entrar gás dentro do depósito, ele foi todo para a atmosfera.

Luis Miguel Amorim comentou:
03/09/2008 12:33

Atenção com a de Aveiras. Eu por azar queimei a minha mão! o botão de emergencia ainda por cima não funciona logo. A resposta do funcionario da Galp foi a mesma, que não tinha o adaptador correcto. Mais ainda no dia que me queimei os meninos de Aveira stinha subido o preço em mais 2 centimos, e neste momento os de Aveiras sãos os mais caros que conheço.

Cristiano Fernandes comentou:
24/09/2008 10:27

Exmo. Sr.

Partilhei exactamente da mesma experiência. Decidi apresentar reclamação por escrito e eis a resposta que me foi facultada…:

“Exmº Senhor Cristiano Fernandes,

Agradecemos desde já o contacto efectuado. No Grupo Galp Energia consideramos que todas as reclamações são oportunidades fundamentais para melhorar o serviço que prestamos aos nossos Clientes.

Lamentamos o incómodo causado e compreendemos a insatisfação demonstrada relativamente ao facto de ter problemas ao tentar proceder a um abastecimento de GPL Auto, à sua viatura, havendo fugas de gás.

Recentemente procedemos à substituição do modelo das pistolas, por um mais actual, por ser mais ergonómico e fácil de manusear, procurando ir ao encontro das necessidades dos nossos clientes e facilitar o desenvolvimento da utilização deste tipo de combustível em que a Galp Energia tem investido bastante nos últimos anos. Estas novas pistolas são da mesma marca e foram desenvolvidas com base nos modelos anteriores pelo nosso fornecedor habitual, que é das maiores empresas internacionais do ramo.

Contudo, têm-se verificado algumas dificuldades de abastecimento, nomeadamente com alguns adaptadores de veículos que poderão encontrar-se mais desgastados, originando deficientes encaixes, com possíveis fugas. Esta situação pode também resultar da facilidade de manuseamento da pistola, em que o cliente não se apercebe do deficiente encaixe desta no seu adaptador.

Assim, recomendamos que verifique o estado do seu adaptador, se necessário recorrendo à ajuda de Instalador Credenciado. Caso este esteja danificado, proceder à substituição por um novo. Também recomendamos que antes de iniciar o abastecimento, sempre com a utilização das luvas facultadas no posto de abastecimento, verifique se a pistola se encontra firmemente encaixada no adaptador.

Informamos ainda que a Galp Energia irá passar temporariamente todos os seus postos a abastecimento pelo operador, tentando assim minimizar o incómodo causado aos seus clientes por esta situação e permitir um esclarecimento adequado do uso destas novas pistolas. Está também o nosso fornecedor a envidar todos os esforços para o mais rápido possível introduzir melhorias nas pistolas que impossibilitem o deficiente encaixe desta, mantendo a ergonomia e facilidade de utilização.

Reiteramos o nosso compromisso para com a sua satisfação e esperamos poder continuar a merecer a sua confiança e preferência.

Ficamos à sua disposição para qualquer esclarecimento adicional, através do email linhagalpgas@galpenergia.com ou da linha 808 508 100.

Com os nossos melhores cumprimentos,

José Almeida Alves

DO – GPL – CTGA – Construção e Manutenção Sul”

Ou seja só falta eu pedir desculpa…concerteza…

Tenho abastecido em diversas bombas pelo país fora e apenas estas da GALP é que dão problemas.

Recomendo a todos extremo cuidado no abastecimento nas referidas bombas da GALP.

Estou a ponderar queixa à ASAE pelo risco e perigo envolvidos.

Este país vai de mal a pior….

Eduardo Maio comentou:
24/09/2008 12:45

Ao menos recebeu uma resposta, eu nem isso! Realmente, as pistolas não funcionam, eles têm conhecimento disso e ainda dizem que a culpa é do cliente.

Curiosamente ontem na 2ª Circular em ambos os sentidos a Galp tinha o posto de abastecimento de GPL fora de serviço, encontrando-se um técnico da Gasdata a verificar a pistola.

Cristiano Fernandes comentou:
24/09/2008 17:57

Exmo. Sr. Eduardo

A questão é mesmo essa…ainda têm o descaramento de atribuir a responsabilidade ao cliente…

O meu equipamento foi instalado há pouco tempo pelo que o desgaste do material não é desculpa.

Quanto à utilização…bem se em todos os outros postos de abastecimento consigo, o defeito não deve ser meu de certeza.

Tanto quanto já li em outros foruns constatei que houve inquéritos telefónicos a diversos clientes GPL para recolher diversas informações entre as quais, quanto estariam dispostos a pagar por um conversor para abastecer com estas novas pistolas…pelos vistos já estariam a prever esta situação…

Seria de facto de louvar o esforço da GALP no sentido de melhorar as condições de abastecimento deste tipo de combustível, mas ao proceder desta forma (descurando a saúde e segurança dos seus clientes) deveriam reconhecer o seu erro e garantir o funcionamento em segurança dos seus equipamentos.

Eu vou avançar com uma queixa para a ASAE, penso que por uma questão de credibilidade dever-se-ia criar um tópico apenas com esta questão e propor a que eventuais interessados pudessem apresentar uma queixa em conjunto, isso sim, teria efeitos positivos.

Relembro o perigo deste combustível para a saúde pública, e recomendaria a não utilização destes postos até que a situação estivesse normalizada, eu por mim considero que tive muita sorte.

Cumprimentos,

Cristiano Fernandes

Cristiano Fernandes comentou:
24/09/2008 18:30

E para não pensarem que somos os únicos a ter azar, envio informação adicional:

http://forum.autogas.pt/forum/viewtopic.php?f=15&t=7734

Melhores cumprimentos,

Cristiano Fernandes

Eduardo Maio comentou:
24/09/2008 18:50

Realmente com tanta reclamação ainda acham que eles é que estão certos e os consumidores é que estão errados! Eu desde aquele acontecimento simplesmente deixei de abastecer na Galp. Antes de uma viagem vou ao Mais Gasolina e vejo os postos com GPL pelo caminho que não sejam Galp.

Curioso que viajo bastante pelo país e desde Repsol, BP, Cepsa e Avia nunca me aconteceu o gás começar a sair fora ao iniciar o abastecimento. E mesmo na Galp, com as pistolas antigas, nunca tive situações dessas.

Também não percebo a adopção destas novas pistolas quando está para sair um modelo comum europeu para o abastecimento de GPL.

F. Amaral comentou:
27/09/2008 18:42

No aeroporto já existe um aviso para pedir outro adaptador antes de abastecer.

Eric comentou:
06/10/2008 22:12

o mesmo me aconteceu a mim, estava a dirigir-me para o algarve quando me acabou o gás. Lá parei eu numa estação da Galp(fiquei abismado com o preço do GPL, 72cents/litro!!!!, uma absurdo, em braga meto agora por 58 cents numa bomba perto de casa e 62cents na Repsol), meto o adaptador, ligo o gás e aquilo mandou gás por toda a parte. Carreguei no botão de emergencia e fui reclamar, recebi a mesma resposta que tu, obviamente que me recusei a pagar o gás que saiu assim sem mais nem menos…. Enfim, 50 km depois abasteci na Cepsa, por 69cents, sem qualquer tipo de problema….

Com o deposito totalmente vazio e 8º de temperatura exterior, entraram 47litros de gás(esse deposito, a andar sempre na ordem dos 160km/h, durou-me 470km certos)… Na volta para o norte, parei numa BP para abastecer para ter a certeza que não voltava a ficar sem gás, feitos 300km, numa média de 130km/h, entraram 48litros (temperatura exterior, novamente 8º), gostava de saber como é possivel???? Já para nao dizer que os 100primeiros km daquele deposito foram feitos em estrada da cidade, onde o carro me bebe médias de 8/9 litros aos 100, no entanto entraram mais litros….. Há a possibilidade de a BP adulterar os medidores de GPL???

Cristiano Fernandes comentou:
17/10/2008 19:47

Exmo. Sr. Eric

Existe sempre a possibilidade de serem alterados os equipamentos de abastecimento. Essa é a razão pela qual existe um “selo” nas bombas a atestar se a mesma se encontra em conformidade ou não (selo verde ou selo vermelho). Se desconfia dessa bomba poderá apresentar reclamação, às autoridades competentes (não sei se será à Direcção Geral de Energia ou à ASAE).

Informo igualmente que costumo abastecer na Repsol da 2ª Circular onde costumo fazer cerca de 500km com um depósito (50 litros certos), sempre que abasteço nas Galp (de vez em quando tenho descontos ) faço apenas 430 km, e isto já me aconteceu n vezes. Em conversa com pessoal que também tem GPL, informaram-me que essa situação é “comum”, era bom que as bombas começassem a ser alvo de queixas às entidades competentes.
Quanto ao preço…é a vergonha nacional…o petróleo sobe 1 cêntmo os combustíveis aumentam 10…repara-se que hoje o barril de crude tá a 67 dolares e o gasóleo mantem-se em 1,25€…uma vergonha. Quanto ao GPl é “taxa” fixa é o que se acha que deve ser…encontraram uma nova mama, e paga portuga….Análogamente ao que acontece ao carros ecológicos o governo deveria legislar sobre os combustíveis ecológicos e obrigar à baixa de preços!!! Talvez daqui a 1000 anos quem sabe….

Eduardo Maio comentou:
17/10/2008 22:41

A questão de fazer menos quilómetros com o gás da Galp ou da BP não está relacionado com a bomba meter menos gás mas sim com a mistura deste. A Repsol (e penso que também a Cepsa) vendem gás com uma mistura de propano/butano a 60/40, já na Galp e na BP leva 5% de butano quando não é propano puro.

Para melhor rendimento e menos emissões é aconselhada uma mistura de propano e butano, no entanto pela lei nada obriga a que esta mistura seja feita, legislando apenas o número mínimo de octanas, porque o legislador devia pensar que mais octanas equivalia a mais potência se calhar.

É por isso que com o gás da Repsol a maioria dos utilizadores de GPL diz que faz mais quilómetros e tem performances superiores. É um pouco como abastecer no Jumbo e a seguir meter BP Ultimate ;)

José Marques comentou:
12/11/2008 17:11

Até no Alentejo já temos as novas “pistolas azuis”! Infelizmente o meu adaptador não está adaptado às novas pistolas de GPL da Galp de Évora :( e por azar não há mais nenhum fornecedor de gpl na cidade… nem num raio de cerca de 30 Km… lá terei de investir num adaptador adaptado às novas pistolas… ou andar a gasolina :((

Eduardo Maio comentou:
12/11/2008 18:04

José pergunte no posto se lhe fornecem um adaptador compatível, pelo menos em alguns postos colocaram essa informação indicando que o cliente poderia pedir um adaptador para efectuar o enchimento.

Jose Domingos comentou:
01/02/2009 17:10

Na bomba da GALP do Caia – ELvas passa-se exatamente o mesmo, e o adaptador fornecido pelo posto de abastecimento nao se adapta a todos os veiculos.e muito provavelmente interessa-lhe á Galp vender Gasolina e Gasoleo, que vender GPL, pois a bomba mais perto que temos aqui é em Estremoz que fica a 40km, resumindo para atestar o carro com GPL tenho que fazer 80 km (ida e volta)

Nuno Vieira comentou:
07/09/2010 14:59

Caros Amigos, só vos tenho a dizer que ja sou utilizador de GPL à 10 anos, e apenas uma vez tive problemas de abastecimento de GPL, na área de serviço de Pombal da GALP, FICOU-ME A PISTOLA MEIA ENCAIXADA NO ADAPTADOR, coisa que em 10 anos nunca me aconteceu, GRAÇAS A UMAS PISTOLAS AZUIS QUE QUASE PARECIAM DE PLASTICO, MUITO LEVES, E QUE NAO ENCAIXAVAM BEM NOS ADAPTADORES que ja uso a 10 anos e nao tenho problemas com eles em bombas nenhumas! Será que sou eu que nao sei por GPL À 10 ANOS? ;)
Felizmemtente, já foram substituidas por outras tambem azuis , mas estas agora sao das melhores que ja vi! Ao menos isso!

Carla Costa comentou:
16/04/2011 13:20

Infelizmente fui alvo de uma grave queimadura no braço direito, com ida ao hospital, justamente por uma mangueira de abastecimento de GPL na bomba da GALP da A28 sentido Porto-Viana do Castelo.
O que é certo é que o funcionário que veio auxiliar ao pôr a pistola também largou gás, só que ele estava com luvas.
Recrimino-me por não ter aceite ajuda, a qual é fornecida a quem pedir previamente.

Jerónimo Sardinha comentou:
31/10/2012 23:22

Caros Amigos,
Comecei agora a usar GPL. A esta distância entre a data dos anteriores comentários e hoje, nada ou pouca parece ter mudado.
Também já me apercebi de uma enorme diferença, para pior, entre o GALP e o REPSOL e CEPSA.
É de tal maneira notório que suspeitei de problema no sistema. Só um novo abastecimento REPSOL evitou a ida ao técnico, fazer figura de palerma.
Grato por todos os esclarecimentos já prestados e ânimo para novas dicas.

Manuel Cardoso comentou:
26/06/2013 19:56

Boa tarde a todos

Algum tempo já tem este topico, mas com uma pesquisa vinha ca ter…
Isto porque tive infelizmente a experiência de ter uma queimadura de 2 grau na mão direita! Isto quando apenas fiz a ligação da pistola com o adaptador para atestar! Começou logo a sair muito gás e apenas parou quando saiu o gás todo que estava no deposito! Tb fiquei com aquela parte do carro todo branco!

O que penso!
Isto é normal??? Estamos a falar que desde 2008 (pello menos) que é a data do primeiro topico estes acidentes estao acontecer e continuam acontecer! e é sempre com a mesma marca!!! GALP!!! O problema será do cliente??? eu abasteço o carro bastantes vezes, muitas vezes chega a ser mais de 3 vezes por semana, nunca me aconteceu tal coisa!!!

Vou fazer reclamação do posto, pois estas situações não podem ser consideradas normais!!!!

Principalmente num posto onde não tem luvas para os clientes, onde existe um pau para que as pessoas coloquem no botão de enchimento para que nao tenham o trabalho de estarem la a carregar!!!

Eduardo comentou:
26/06/2013 20:54

Manuel Cardoso tem a certeza que era da pistola? Se o gás estava a sair do depósito poderá ser a esfera no bocal que tenha ficado presa. Quando isto acontece não sai gás do depósito, apenas o gás que se encontra entre o bocal e a válvula de segurança.

Agora essa situação de terem um pau para prender o botão é grave e deve ser denunciada.

Eu neste momento já não tenho carro a GPL, mas andava sempre com umas luvas atrás e usava-as sempre que abastecia num posto onde nunca tivesse abastecido ou a pistola não estivesse em condições.

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.