Ecodriving: Velocidade vs Consumo

Velocidade vs ConsumoContinuando com o tema do ecodriving venho agora falar de algo que para a maioria dos automobilistas é inversamente proporcional, falo da velocidade e do consumo de combustível.

O senso comum diz-nos que quanto mais velocidade, mais combustível será necessário para manter o carro em marcha, no entanto esta afirmação não é totalmente correcta. Na realidade é preferível acelerar um pouco ao início para colocar o carro a uma velocidade mais elevada e depois dosear correctamente o acelerador para aproveitar o declive do terreno e ir embalando o carro. Pode custar um pouco olhar para o computador de bordo e ver o consumo instantâneo subir para valores de 20l/100km, mas no final podemos ter um consumo em plano de apenas 5l/100km a 120km/h contra um consumo de 6l/100km a 90km/h.

A razão de uma velocidade superior ser benéfica para os consumos é simples, se numa descida vamos a travar depois o carro não vai ter embalo suficiente para uma subida que se segue por exemplo, o carro acaba por morrer e temos que recorrer à caixa para uma mudança abaixo e isto aumenta o consumo de combustível. Se em vez disso acelerarmos ligeiramente para ganhar algum embalo vamos ter uma margem superior em termos de velocidade para permitir que o carro suba com um consumo mais baixo.

Acima de tudo devemos planear atempadamente o tipo de percurso que se segue à nossa frente, se temos uma subida devemos sempre ganhar velocidade num terreno plano ou com inclinação favorável à direcção da viatura uma vez que o consumo nessa zona é mais baixo, permitindo efectuar a subida calmamente. Em termos de consumo é melhor ir em terreno plano a gastar 8l/100km e a subir 11l/100km do que ir em terreno plano a gastar 4l/100km e depois ser necessário gastar 20l/100km ou mais para fazer uma subida.

Comentários a “Ecodriving: Velocidade vs Consumo”

Daniel Marques comentou:
09/04/2008 17:30

Eu por norma tenho essa atitude porque me parecia mais racional, agora vens confirmar isso.

Mas o que dificulta todo esse processo, é que se à tua frente tens outros condutores, estarás dependente da condução destes. Já apanhei condutores que seguem a mesma ideologia, o que te permite segui-los e todos pouparem. Mas a maioria não o faz, e se houvesse um real interesse na poupança e uma preocupação ambiental, estas noções seriam dadas nas escolas de condução.

Jose Santos comentou:
24/08/2008 00:44

Acho que a maioria dos condutores acha que conduz hibridos, carros que tem ganho de energia com a travagem, uma vez que a tendencia é travar nas descidas, mesmo que nada o justifique. Já aprendi a sempre que possivel deixar o maximo de distancia possivel para o carro da frente antes de chegar a uma descida pois sei por experiencia que a maioria dos condutores trava, mesmo que não exista qualquer justificação para tal. Com o aumento da utilização de motores diesel com common rail e turbo de geometria variavel essa tendencia aumenta uma vez que são motores que mantêm um alto binario mesmo a rotações reduzidas. Gostaria que os proprietarios de tais veiculos se lembrassem que existem pessoas que não dispoem de tanto dinheiro, ou que não se estão para endividar tanto na compra de tais automoveis e que ainda existem carros a gasolina de baixa cilindrada. Já era tempo de as escolas de condução ensinarem a conduzir e darem carta apenas aos que são aptos para tal.

Grunho comentou:
02/03/2010 18:13

Os consumos que o carro faz são inversamente proporcionais ao QI do condutor. A perfeição ao volante consiste em antecipar todas as desacelerações, de maneira a quase nunca tocar no pedal do meio. O segredo disso resume-se a uma única palavra – raciocinar. Diz-me quanto duram os teus calços de travão, dir-te-ei o que tens dentro da caixa craneana. O português típico – o infame “tuga” – gosta muito de conduzir com os pés e pouco de conduzir com a cabeça.

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.