Gasóleo num carro a gasolina? Não tem problema!

Fifth GearÉ verdade, completamente oposto ao anterior episódio este foi bastante informativo e interessante. O Tom tentou meter várias pessoas dentro dum Fiat Grande Punto com sucesso, tal como fazem com os Mini. O Jason falou do novo Lexus GS450h, que segundo a marca é o primeiro híbrido desportivo. Duvido que seja desportivo, mas segundo o Jason é bastante confortável. Gostei bastante do detalhe no ínicio de ao se aproximar do carro ele não só destrancar mas ligar-se, silenciosamente claro, uma vez que o arranque é feito com o motor eléctrico. Segundo o Jason é um pouco confuso ouvir o motor em rotações constantes e ver a velocidade a subir devido à ajuda do motor eléctrico. Os meus parabéns à Toyota pelo desenvolvimento no campo dos híbridos.

Uma das partes mais interessantes do programa foi quando o John experimentou colocar gasóleo num carro a gasolina e vice-versa. Esta situação acontece várias vezes e as reparações são normalmente caras, mas será mesmo necessário? Ele foi fazer o teste, de reparar que com veículos antigos, e meteu gasóleo num carro a gasolina e o carro começou aos soluços. Voltou a meter gasolina por cima e voltou tudo ao normal, inclusivé nas emissões, não fosse o catalisador ter ficado danificado. No entanto é dificil por gasóleo num carro a gasolina, a pistola é mais larga. Ao colocar gasolina num diesel também não existiram problemas de maior na pista, o carro ficou a desenvolver melhor e no final ficou com uma fuga de escape. No entanto quando foram testar as emissões o carro começou a deitar fumo e acabou por ir abaixo. Ao colocarem gasóleo novamente o carro pegou mas fazia alguns barulhos estranhos e deitava um fumo azulado. O carro voltou a ir abaixo, mas depois de algumas tentativas o carro voltou a funcionar normalmente. Conclusão, não é preciso trocar sempre o sistema de alimentação, basta fazer uma limpeza ao tanque e ver o que acontece.

Mostraram ainda o Tiff a correr na categoria GT3 com um Aston Martin com alguns problemas mas no final com resultados satisfatórios. O Tiff continua a ser um grande piloto!

Em pista mostraram ainda um comparativo entre um Astra a gasolina e um Astra modificado pela 888 a gasóleo. A diferença não é grande e demonstra realmente que os motores a gasolina são mais desportivos e divertidos.

Fifth GearFifth GearFifth Gear

Infelizmente, tal como o Top Gear vamos ter uma interrupção devido ao mundial de futebol.

Manuel PinhoPagani Zonda FPorsche no Street View do Google

Comentários a “Gasóleo num carro a gasolina? Não tem problema!”

Fremioth Viegas comentou:
06/10/2013 09:30

Gostei a informação meti gasolina em vez de diesel no fiat linea, Meti 20 litros e quando dei conta parei e meti mais 12 de gasóleo..na bomba da intermarché. Não aconteceu nada. Mas no dia seguinte quando liguei deitou muito fumo negro! Fiquei assustado.. Voltei a meter mais gasóleo cerca de 10 litros na mesma bomba.. e tudo normal depois finalmente meti mais 22 litros na mesma bomba. .Até agora tudo normal. Terei que limpar o depósito?

Eduardo comentou:
06/10/2013 14:10

Fremioth não será necessário, neste momento com tanto gasóleo no depósito a gasolina já deve ter sido queimada pelo motor ou estar bastante “diluída”. Agora é ver se não existem problemas na linha de escape (fugas, catalisador, filtro de partículas). Esteja atento a qualquer barulho fora do normal ou perda de potência.

O ideal ao ver que colocou gasolina, se for pouca quantidade, é atestar de gasóleo de seguida.

Marta comentou:
03/09/2015 14:34

Tenho um renault 11 a gasolina e coloquei 20 L de gasóleo. So consegui tirar 15 L e adicionei mais 10 litros de gasolina, ele pegou bem mas mais tarde foi a baixo.
Terei que tirar tudo ou adiciono mais gasolina??

Eduardo comentou:
12/09/2015 23:56

Marta apenas 10 litros de gasolina para 5 de gasóleo é uma percentagem muito elevada de gasóleo. Deveria ter atestado a viatura com gasolina.

andre comentou:
07/11/2015 00:07

Tenho um peugeot 405 a gasolina de 1993 quando dei conta já estava em 20 litros de gasóleo logo de seguida acabei de encher o deposito com 45 litros de gasolina. Andei 1km e parei pois estava perto de casa. Será que posso andar assim com ele ou tenho de tirar tudo?

Eduardo comentou:
12/11/2015 22:55

André o maior problema será o catalisador e restante sistema de escape, é possível que possa vir a passar combustível para lá e a reparação pode vir a ficar cara.

ana santos comentou:
29/12/2015 11:46

Bom dia… Hoje de manha fui as bombas e meti gasóleo num carro que e a gasolina nem me tinha apercebido a quantidade não foi muita mas o carro foi a baixo varias vezes e tenho o carro parado pois tenho medo de ficar mal caso saia de casa.
O que posso fazer?

Eduardo comentou:
30/12/2015 00:23

Ana Santos depende do carro e da quantidade de gasóleo e gasolina que tiver no depósito.

Se for um carro com catalisador pode vir a ter problemas se passar combustível para este, mas se tiver uma grande quantidade de gasolina comparativamente ao gasóleo até pode nem ser o caso.

Se for um carro recente (com menos de 10 anos) não arriscaria e levava o carro de reboque para que esvaziassem o depósito para evitar problemas mais dispendiosos.

Lina Santos comentou:
05/02/2017 23:07

Meu marido como tem um jaguar a gasóleo, foi abastecer o meu carro que é a gasolina e embora achando dificil atestar oq a mangueira é diferente(mais larga) insistiu e ainda meteu 15 litros de gasóleo. Acontece que qdo me apercebi gritei-lhe para parar!! por sorte na bomba de gasolina onde estava foram mto simpáticos e empurraram logo o carro para a pequena oficina e tentaram retirar o mais possivel do gasoleo e de seguida atestou-se completamente com gasolina. Garantiram-me que não havia qualquer problema…
Qdo tentei andar de seguida, notei que algo não estava normal, andei uns 19 kms para ver o comportamento do carro, mas parecia que não aceleráva, que não desenvolvia normalmente. De seguida reparo numa informação que me apareceu q dizia: SISTEMA DE ASSISTENCIA NA TRAVAGEM (BAS) INOPERACIONAL!! Que relacionamento tem isto a ver com a troca de combustivel?? o meu problema é que o carro é NOVO! Tem apenas 2 meses…
Se me puderem tranquilizar… agradeço.
Cumprimentos

Eduardo comentou:
05/02/2017 23:12

Lina podem ter dado algum toque num sensor do ABS ao esvaziar o depósito e este possa ter ficado mal ligado, daí o erro. É a única situação que estou a ver que possa estar relacionada.

Lígia Dias comentou:
11/02/2017 09:55

Bom dia,
tenho um carro Toyota Avensis de 1998 a gasolina. ontem fui abastecer o carro, que ainda não tinha entrado na reserva. Pedi ao empregado para colocar 12,5 l de gasolina 95 normal.Não reparei qual o combustível que tinha sido colocado.circulei com o carro, cerca de 5-6 Km.mas quando voltei a pôr o carro a funcionar, saiu um fumo muito escuro e com um cheiro muito intenso. Gostaria de saber se o carro pode ter ficado afetado e o que devo fazer.
Obrigda

Eduardo comentou:
14/02/2017 22:55

Lígia se tivesse sido gasóleo penso que tinham ocorrido logo esses sintomas no percurso que indica. O que poderá fazer por descargo de consciência é atestar a viatura com gasolina para diluir qualquer outro tipo de combustível que possa ter no depósito.

Maria comentou:
15/03/2017 22:26

Boa noite, tenho um seta corrobora a gasolina e à pouco estava na reserva e meti 10 euros de gasóleo em vez de gasolina… arranquei e o carro foi abaixo muitas vezes e lá consegui estacionar. Mas agora não sei o que faça. Podem me ajudar?

Eduardo comentou:
19/03/2017 19:39

Maria se não colocou mais gasolina o carro não vai funcionar. Tem duas hipóteses, ou atesta a viatura com gasolina ou mandar limpar o depósito. Tenha em atenção se o carro tiver catalisador este pode ficar danificado porque o gasóleo vai acabar por passar para o escape.

Manuel Lourenço comentou:
20/05/2017 00:27

Boa noite!

Tenho um Orion 1.4 de 1990 (com carburador e sem catalizador) e à cerca de dois anos quando estive em Portugal, no último dia de férias parei numa bomba e pedi para colocarem 10€ de gasolina para que o carro não ficasse este tempo todo na reserva porém, ao chegar a casa começou a “soluçar” acabando por ir abaixo, o que eu estranhei! Tentei colocá-lo a trabalhar e não pegou e eu nem voltei a insistir… Desconfiei logo que tivesse existido troca de combustível porque o carro nunca teve tal comportamento ao longo dos 25 anos de idade e dos 147.000Kms que tem, pois comprei-o novo mas, como paguei com a nota certa, acabei por não trazer o talão e já sabia que de nada ia adiantar reclamar.
Entretanto um vizinho sugeriu que tirasse uma vela para ver como estava e constatou-se que tanto esta como depois as restantes, estavam negras demais para quem tinham sido trocadas há um ano atrás!
Como já não tinha tempo para fazer mais nada, acabamos por empurrar o carro para dentro da garagem e por lá ficou estes dois anos sossegado.
Pergunto, e pelo que aqui li, se será suficiente atestá-lo agora com gasolina ou se terei que proceder de outra forma de modo a evitar colocar em risco um motor que tem sido excelente este tempo todo!?
Muito obrigado pela atenção.
Um forte abraço!

Eduardo comentou:
24/05/2017 00:13

Manuel 2 anos é muito tempo, o combustível acaba por se deteriorar. Pode sempre atestar com gasolina, certamente vai diluir o que exista no depósito, mas o ideal seria mesmo limpar o depósito e colocar gasolina nova.

No seu caso se o carro fica muito tempo parado não seria mal pensado adicionar um aditivo estabilizador para prolongar a vida útil do combustível.

Rubens Neto comentou:
09/07/2017 16:35

Boa tarde! Coloquei aproximadamente 9,3L de gasóleo em um Peugeot 1997 1.4 a gasolina, em seguida atestei com gasolina a viatura, cerca de 49L. Rodei normal com a viatura, no percurso de volta para casa cerca de 6km. Corro algum risco? Seria melhor levar ao mecânico e realizar a retirada do combustível total? Ou pode ser que pela quantidade e cerca de 16%, possa passar sem problemas? Obrigado

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.