GranTurismo is back…

Fifth Gear - Maserati GranTurismoSe me perguntarem qual o carro que escolhia para substituir o meu actual provavelmente o primeiro nome que me vem à cabeça é GranTurismo. Nunca fui grande fã da Maserati, embora o Ghibli II e o 3200 GT (o Coupé não, foi um passo atrás em relação ao 3200 GT) sempre me encheram o olho, curiosamente todos antecessores ao GranTurismo. Digamos que tenho uma coisa especial por grand tourers, mas daqueles a sério com carroçaria de coupé e disposição 2+2.

E porque é que estou a falar do GranTurismo? Bom, o Jason Plato fez um pequeno teste ao carro mas pessoalmente preferia ver um teste feito pelo Tom Ford porque o carro é um GT, é suposto ser confortável, silencioso e sem grandes compromissos em favor da performance, é um carro para fazer vários quilómetros a ritmos mais animados sem nos deixar a deitar sangue dos ouvidos com com a coluna no formato do circuito do Estoril. Assim tivemos o Plato a dizer que não encontrava nada que não gostasse no carro, que tinha um aspecto excepcional e que tinha todas as qualidades de um GT mas que o motor devia ser mais vivo, chegando a falar mesmo do BMW M3. Ora, o M3 foi feito para ser um desportivo, são conceitos diferentes, e em vez de se explorar realmente os trunfos deste carro todo o segmento passou focado unicamente no motor.

Maserati GranTurismo no Fifth Gear

Espero que o James May faça um teste a este carro no Top Gear, quando este voltar ao ar. De qualquer forma, como não tenho €170.000 para dar pelo carro com o nível de equipamento que quero lá me vou divertindo com o meu Coupé.

E em jeito de off-topic, como estamos a falar do Fifth Gear, neste episódio apareceu o lendário Lotus Carlton (Opel Lotus Omega) contra o Vauxhall VXR8.

Comentários a “GranTurismo is back…”

Daniel Marques comentou:
06/02/2008 14:19

Eu cá sou do tempo em que o Seat Leon é que era!

A expressão “deitar sangue dos ouvidos” é fantástica, vou anotar. Vai dar-me jeito noutras temáticas.

Eduardo Maio comentou:
06/02/2008 23:24

E que grande carro que foi o Leon, pena que a Seat tenha dado um tiro no pé a meu ver e de outros puristas ao chamar Cupra às versões a gasóleo.

Mal esta malta sabe que o Cupra apareceu no Ibiza (versão 1993-1998) por causa das vitórias nos rallyes, e que este era a gasolina, 2.0 aspirado com 150cv, tendo depois saído o Cupra2 com 180cv, amarelo de jantes brancas.

Mas a nível de marketing e vendas foi fantástico, para trás ficou foi uma época de ouro da Seat que acabou esquecida.

Jota comentou:
11/02/2008 22:23

Peço desculpa mas eu sou um pouco mais velho que os Leon e os Ibiza Cupra… eu sou do tempo dos Renault 5 GT Turbo. Quanto ao Maserati… pois! também não tenho disponibilidade económica para um destes, pelo que no ano passado fiquei-me por um Alfa GT

Eduardo Maio comentou:
11/02/2008 22:36

O Renault 5 GT Turbo, que grande máquina que ele era!

Já agora parabéns pelo bom gosto no GT.

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.