Mudar jantes ou pneus, como fazer?

Vauxhall VXR8Estou farto de ler em fóruns ou de ouvir em “conversas de café” malta que quer mudar de jantes ou pneus e não faz a mínima ideia do que é necessário, limitam-se a querer meter as medidas que o vizinho usa porque é giro, depois vêm chorar que a polícia é má ou que as marcas são inflexíveis nas homologações e ainda dizem à boca cheia que os pneus maiores são mais seguros, quando tal não é verdade.

Na ligação ao solo existem sensores que contam as rotações e dão informações à centralina e a outros sistemas para indicar a nossa velocidade, a quilometragem percorrida e ainda dão informações aos sistemas de segurança como o ABS ou ESP. Esta rotação é “multiplicada” de acordo com o raio do conjunto jante e pneu, se este conjunto não está dentro da tolerância do fabricante podemos ter problemas a nível de segurança, e falo por experiência própria porque fiz o teste no meu carro e o ABS deixou de actuar devidamente.

Primeiro temos que entender como funcionam as medidas dos pneus, uma vez que os valores não são necessariamente fixos. Vamos supor, um pneu 205/50 R15 vai ter de largura 205mm, já de altura (a parede do pneu) vai ter 102.5mm e não 50mm. O valor 50 é uma divisão da primeira medida. R15 indica que o pneu é radial e que o seu diâmetro interno (que fica junto à jante) é de 15 polegadas. O diâmetro deste pneu é de 586mm, o que corresponde a 543 rotações por quilómetro, portanto um carro equipado com esses pneus de origem sabe que, a cada 543 rotações percorreu um quilómetro. Se passarmos para uma medida da moda como os 225/45 R17 passamos a ter um diâmetro de 634.3mm o que corresponde a 502 rotações por quilómetro, dando assim um erro de 8.2%!

É aqui que muita gente depois diz que os carros ficam a andar menos ou a consumir mais, os quilómetros deixam de ser contabilizados correctamente, e em caso de emergência é muito provável que os sistemas de segurança deixem de funcionar, e um fabricante de automóveis nunca vai autorizar uma modificação deste género.

Maior não é sinónimo de melhor, basta ver quem mete grandes discos à frente e depois numa travagem de emergência tem a traseira a ganhar vida e o carro a virar-se ao contrário, existe uma descompensação em relação aos valores para que este foi projectado.

Então como fazer perguntam vocês… Bom, usem um simulador online onde possam colocar a medida original e a medida que desejam para ver se o diâmetro fica dentro dos parâmetros permitidos pelo fabricante, podem também consultar directamente o fabricante para saber quais as medidas permitidas para o chassis do carro e se são necessárias modificações extra para a alteração dos pneumáticos. Não esperem é milagres com medidas exageradas mesmo que estas estejam dentro das tolerâncias da marca.

Skoda Octavia da GNRAutocarro da SCTP a hidrogénioRoubo em automóvel

Comentários a “Mudar jantes ou pneus, como fazer?”

DarkGoth comentou:
24/02/2008 13:56

se fosse assim simples toda a gente mudava as jantes mas nao e’

Eduardo Maio comentou:
24/02/2008 14:04

Ora, quando comprei o meu 106 XSI este vinha com pneus 185/55 R14 que não estavam homologados, a medida original era 175/60 R14. Lá contactei a Peugeot indicando que esta medida tinha sido autorizada no 106 Rallye R2, portanto como o chassis é o mesmo provavelmente deveriam fazer a homologação. Passado um mês tinha a ficha de homologação em casa, portanto no 106 XSI homologuei pneus diferentes.

Quando comprei o 406 este vinha com jante 17″, de origem trazia jante 15″! A medida estava dentro do mesmo diametro, mas o carro nunca foi comercializado com jante 17″, já a versão V6 tinha saído com jante 16″ mas provavelmente iam-me obrigar a colocar a barra anti-aproximação. Afinal não foi preciso, e apesar do antigo proprietário dizer que a Peugeot nem 16″ autorizava, cá estou eu com pneus 205/55 R16 devidamente homologados.

Isto de falar mal por falar é chato, e nem custava muito usar a pesquisa ali do lado direito para evitar esse comentário desnecessário.

DarkGoth comentou:
25/02/2008 19:45

sim mas as jantes 17′ não almolgam

Eduardo Maio comentou:
25/02/2008 19:59

Mas para que iria querer eu jantes de 17″ no meu carro? Os pneus são mais caros, perco conforto e os consumos aumentam.

Isto é outra coisa que não percebo, esta ideia generalizada que os carros têm é que ter jantes grandes, faz-me lembrar o Polo, um utilitário de motor 1.2 e jantes de 16″. A potência é assim tanta que seja preciso um pneu mais largo, e os discos de travões são assim tão grandes que precisem de espaço dentro da jante?

MCL comentou:
23/09/2008 18:21

hum… no manual da minha focus sw vem as medidas de pneus e esta la que pode usar 215/40 R17 e vem com 195/55 R15 eu gostava de por uns 205/40 R17 que tem exactament o mesmo diametro que 195/55 R15, e eles na marca dizem que nao pode ser… acho um bocado estupido…

spba comentou:
28/08/2009 08:44

tenho um clio de 96 tem montado pneus 165 65 r13 a minha duvida e se posso montar pneus 185 60 r14 chau!

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.