Multada por buzinar e ainda se queixa!

Publicado a por Eduardo

Multada por buzinar - Nós por CáEu sei que os leitores deste blog vão estranhar a natureza deste texto sobre uma situação que apareceu no Nós por Cá, normalmente estes posts aparecem no grande “Portugueses ao volante” mas eu não podia deixar escapar esta.

No vídeo “O homem em cuecas” uma senhora queixa-se por ter sido autuada por um agente da autoridade "supostamente" em cuecas por, imagine-se, ter buzinado! Então, presumo eu, esta senhora passa no exame de código e de condução e ainda tem o descaramento de dizer que tinha sempre o hábito de parar ali o carro para chamar a sua mãe e em vez de abrir a porta e dar dois passos para tocar à campainha ou vá, dar um toque para o telemóvel não, buzina e ainda o demonstra para o vídeo! Depois ainda manda a pérola que desconhecia que não se podia buzinar num centro urbano àquela hora da manhã, 8:20 portanto!

A senhora ainda diz que, mauzão do polícia que trabalhou a noite toda e saiu do serviço às 8 horas da manhã queria, imagine-se bem, dormir às 8:20 e não tinha nada que aparecer à janela para reclamar. O problema disto tudo foi ela ter sido autuada sem o "homem em cuecas" se ter identificado como agente da autoridade e que se estava fora de serviço não tinha nada que a autuar. Se fosse outro pobre desgraçado a querer dormir porque trabalha de noite queria ver.

Bom, a senhora volta a abrir a boca para dizer asneiras quando afirma que não sabia que não podia usar sinais sonoros, e passo a citar, "pelo menos assim não é...". Diz que assume a multa de 134 Euros (com juros e custas) mas depois volta a enterrar-se em grande quando diz que teve uma gastroenterite de origem nervosa porque foi multada "homem em cuecas", e para ela aquele episódio não passou de um homem em cuecas que queria dormir às 8:20 da manhã. Eu acho que a senhora ficou foi "alegre" por ter visto um homem em cuecas, de tanta vez que o disse no vídeo.

Mais caricato é darem tempo de antena a este tipo de multas quando estas situações são bem explicitas no código da estrada.

Artigos relacionados

Coisas que me chateiam: Ambulâncias
Coisas que me chateiam: Ambulâncias
O que me chateia não são as ambulâncias mas sim a atitude de certos condutores para com as ambulâncias! Começo a achar que entre um...
Idosos e as passadeiras
Idosos e as passadeiras
Será fetiche? Os idosos que me expliquem porque é que inexplicavelmente o lugar de conversa preferido é sempre à beira de uma...
Cuidado com as pistolas azuis de GPL da Galp
Cuidado com as pistolas azuis de GPL da Galp
Ontem dirigi-me à Galp do Aeroporto sentido N/S para abastecer GPL Auto como faço pontualmente (1 a 2 vezes por mês). Verifiquei que a...

Comentários

Daniel Marques
14/12/2007 23:14
Já me cruzei com tantas dessas senhoras na estrada.

A minha vizinha, que embora não tenha carta de condução porque nunca teve inteligência suficiente para tal feito, desconhece que não se pode aspirar a casa à meia-noite. Mas também desconhece o inconveniente de andar de botas de manhã cedo sobre o chão de madeira.

As pessoas julgam que vivem isoladas, não sabem viver em sociedade, acham que os outros é que se têm de adequar aos seus horários, ao seu estilo de vida. Não há qualquer respeito ou consideração.

E sobre o artigo em si, é com textos desta natureza que o pessoal que não percebe nada de carros, aproveita para participar.
Pedro
Pedro
15/12/2007 14:27
A mulher parece uma sapa aquilo foi tudo um esquema elaborado ao buzinar tantos anos para ver o homem de cuecas.

Adicionar comentário

Obrigado, o seu comentário encontra-se a aguardar aprovação. Receberá um email quando este for publicado
Existem erros no formulário, por favor reveja os campos assinalados.
O seu email apenas é usado para controlo de Spam e apresentar a sua imagem personalizada através do serviço Gravatar