Bugatti Veyron 16.4 no Top Gear

Bugatti VeyronBasicamente este foi um episódio do Top Gear que se pode resumir em poucas linhas. Primeiro o hamster testou o novo carro da Marcos, uma marca que não é muito conhecida (Marcos Mantula, alguém se lembra?), o Nigel Mansell esteve no programa a conduzir o Liana, levaram dois Porsche com o Stig para um estádio onde decorreu uma especial de Rallye e… Bugatti Veyron, Bugatti Veyron, Bugatti Veyron.

O episódio acabou na Inglaterra, eu fui ver um filme, entretanto o episódio foi partilhado na web, fui ver outro filme, o episódio entretanto acabou de fazer download e lá fui eu ver. Fiquei completamente pasmado, como é possível? O grupo VAG está de parabéns. O Bugatti Veyron 16.4 é o supercarro!

O Jeremy não se calava, e apesar de ele ser um pouco infantil nestas coisas tenho que lhe dar razão. Eu tinha as minhas dúvidas em relação a este carro ver a luz do dia, é um carro que está a ajudar a “falência” do grupo VAG, mas é genial!

Na maioria das filmagens o carro passava tão depressa que quase não nos apercebiamos do que era, são os números a falar, os tais 2,5 segundos em aceleração, os 1001cv e o limitador electrónico aos 406km/h. Outro número importante, existe a possibilidade de esvaziar o depósito de 100 litros em apenas 12 minutos.

No fim o Jeremy disse uma coisa muito acertada, ele ficou triste porque nunca mais vai conduzir algo assim tão rápido, não tem dinheiro para um carro destes, e o Veyron 16.4 está para o mundo automóvel como o Concorde está para o mundo da aeronáutica, é o mais rápido de sempre, vai acabar e vamos ter muito tempo sem que algo desta dimensão volte a ser antigido. É um teste tecnológico cheio de perfeição.

Deixo aqui algumas fotos para quem ainda não viu.

Top Gear Bugatti VeyronTop Gear Bugatti VeyronTop Gear Bugatti VeyronTop Gear Bugatti VeyronTop Gear Bugatti VeyronTop Gear Bugatti VeyronTop Gear Bugatti VeyronTop Gear Bugatti VeyronTop Gear Bugatti Veyron

Como alguém uma vez disse, nunca pensei viver para assistir a este momento!

Para a semana não temos Top Gear, e para a outra semana é Natal, dia 25 por isso começo a ficar preocupado, será que só para o ano? A ver vamos… Por enquanto vou aprenciando o Bugatti Veyron 16.4.

Novo Civic

Novo Honda CivicAo ver o Fifth Gear o que mais me despertou a atenção foi o novo Honda Civic, por isso vou-me limitar a escrever sobre ele.

O carro tem o design de um protótipo, acabamentos de alta qualidade, o tablier tem vários detalhes inteligentemente dispostos e com algo interessante: Do lado esquerdo a vermelho temos os leds que indicam as rotações, do lado direito leds verdes que indicam a condução ecológica. É como ter um diabo e um santo em cada ombro!

Só aquela traseira é que não me convence.

Captain Slow em Lisboa

Pagani Zonda FNeste episódio do Top Gear falaram duma grande máquina, o Pagani Zonda F. F de Fangio claro. Os detalhes são tantos que eles trocaram algumas das partes em carbono e colocaram novas partes em carbono com a “ondulação” mais apertada, dando-lhe mais resistencia e reduzindo o peso. É de doidos.

Foi feito também um tributo ao Richard Burns, que nos deixou a 25 de Novembro.

Fizeram ainda um teste a 3 carros desportivos usados que se pudessem comprar por menos de 10 mil libras. O veredicto? Não comprem nenhum, porque nenhum deles chegou ao fim.

É verdade, existe também um novo recorde na pista do Top Gear e foi feito por… uma mulher!

E claro, o Captain Slow veio a Lisboa, contra uma bicicleta. Nem sabe eles onde se vieram meter, uma data de velhotas na rua, uma delas até disse “Ai credo” quando o rapaz da bicicleta passou por ela. Claro que, como somos conhecidos pelos “matadores de sardinhas”, lá veio a piada que era payback time.

De qualquer maneira foi giro, porque como temos ruas estreitas como tudo e é tudo em empedrado. O Captain Slow também fez alguns estragos, bem normal para quem anda na cidade todos os dias, devo dizer. E agora, quem é que vai comprar um Clio vermelho de serviço?

Top Gear LisbonTop Gear LisbonTop Gear Lisbon

No próximo episódio temos o Bugatti Veyron!

Jiangling – Ataque dos clones

Jiangling LandwindPois é, parece que as anedotas da Fiat e da Lada vão ter descanso prolongado, e para demonstrar mesmo isso vou mandar a primeira pedra.

Sabem como é que a Jiangling tornou o seu novo sistema anti-roubo ainda mais eficaz? Aumentou o tamanho do simbolo

Ao que parece esta vai ser a primeira marca chinesa a invadir Portugal. Além de ser uma cópia estúpida no design e no nome do Opel Frontera e do Toyota Land Cruiser eu dúvido muito que a qualidade de construção seja algo decente.

Agora vamos passar a ter muitos “Zé Maneis” na rua aos fins de semana, com o belo do fato de treino, o Rolex made in China e claro, um Jiangling porque o que interessa é andar de jipe.

Eu não tou a dizer que os chineses são maus ou que não sabem trabalhar, só que os indices de qualidade deles estão abaixo ao que estamos habituados na Europa ocidental.

O melhor episódio do Top Gear de sempre!

Jeremy ClarksonDevo dizer que vi o melhor episódio do Top Gear de sempre! Tanta qualidade que vou incluir mais fotos do episódio, coisa que nunca faço. Comecemos pelo básico, o Jeremy testou o novo Focus ST, que é um carro bastante agradável e divertido de conduzir, dá um bom daily driver e segundo o Jeremy é um carro seguro para os peões, porque com a sua cor laranja eles não vão dizer que não viram o carro.

Nas notícias falaram também do sistema da Mercedes que trava o carro automáticamente se estiver um carro à frente em marcha mais lenta ou imobilizado. Ao que parece um programa de TV alemão pediu à Mercedes para fazer uma demonstração do sistema. A Mercedes montou um espaço para fazer o teste, de forma a que o Mercedes entrasse num nevoeiro denso e parasse porque uma viatura imobilizada estava lá. Sabem que mais? O carro realmente começou a travar, mas bateu e com algum impacto. Mais um ponto a menos para a electrónica da Mercedes.

Ganharam também um Emmy, e bem merecido. Este foi mesmo o best Top Gear episode ever.

Esta semana a Star in a reasonably priced car foi o Ministro dos Transportes da Inglaterra, o Dr Stephen Ladyman que fez o tempo de 1.48.8 e, para azar dele, foi apanhado por uma speed camera.

Agora vamos ao que interessa neste programa e que eu esperava à algum tempo. Coloquei aqui no blog que eles tinham levado 3 super desportivos de sua preferência para França, um Ford GT40 (Jeremy), um Pagani Zonda (Richard) e um Ferrari F430 (James). Isto para quê perguntam vocês? Bom, eles queriam levar um carro exótico para passar pela ponte de Millau, cujo pilar central tem 343 metros de altura, mais alto que a torre Eiffel. No entanto, como não se decidiam que carro levar, foram os três com um carro à sua escolha.

Quando chegaram a Paris foi a confusão total, um aparato, toda a gente a olhar para eles, aliás não é todos os dias que se vêm três carros exóticos juntos, dois deles extremamente raros.

O mais engraçado foi para tirarem os carros da garagem do hotel, era de tal forma apertada e os carros eram tão baixos que tiveram que partir uma palete para que os carros passassem.

Deixo aqui umas fotografias, e se possível visitem o site da BBC para saberem quando voltam a repetir o programa, vale a pena!

Top Gear FranceTop Gear FranceTop Gear FranceTop Gear FranceTop Gear FranceTop Gear France

No próximo episódio eles vão descobrir o que é mais rápido nas ruas de Lisboa, se um Renault Clio ou uma bicicleta!

Seguro Automóvel

Seguro AutomóvelUm conhecido à tempos disse que seguro contra todos os riscos era um valor exagerado, principalmente o meu que tinha cobertura de tudo e mais alguma coisa. Ao que parece ontem teve um acidente no qual foi culpado e desfez, literalmente, a frente do carro.

Os mecânicos disseram que, no mínimo tem 1500 euros de arranjo a pagar. Pelas minhas contas isso dá-me cerca de 2 anos de seguro, mais o agravamento. Pelas contas dos mecânicos dele dá o arranjo do carro e ainda tem que pagar o seguro à parte.

Isto tudo para dizer que anda ai muito boa gente que poupa poupa, mas é sempre onde não deve!

Mercedes-Benz CLS by ASMA

Mercedes-Benz CLS by ASMAHoje encontrei esta aberração online. Uma empresa de nome ASMA deu ar ao CLS, e saiu esta “bomba”. Uma coisa é certa, com uma grelha tão grande não há asma que resista!

O preço desta brincadeira são €20.000 (dava para comprar um t-sport) fora o preço base do carro. E não pensem que este valor inclui grandes modificações de motor, se assim fosse eu compreendia, mas esse valor é o kit aerodinamico, uma suspensão desportiva e umas jantes de 20″ e pneus 255/30 ZR20 à frente e 295/25 ZR20 atrás.

Quem me conhece raramente ouve estas palavras da minha boca em relação a carros modificados mas… que desperdicio de dinheiro!

Copyright © 2005 - 2018 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.