Um carro sujo gasta mais que um carro limpo

O episódio desta semana do Mythbusters, o 14º da 7ª temporada, voltou a testar mais um mito do consumo do combustível, com um resultado extremamente interessante e peculiar. Se querem ver o episódio e ser surpreendidos tal como eu fui então parem de ler por aqui.

O mito diz que um carro sujo ia gastar menos combustível que um carro lavado porque iria criar um efeito semelhante a uma bola de golfe.

Ora, claro que um carro sujo gasta sempre mais que um carro limpo, isso todos já nós sabemos, e o próprio teste o comprova. O carro lavado fez 26.4mpg e o carro sujo fez 24mpg.

Mythbusters - Carro sujo gasta mais que carro limpo

Mas o mito era sobre o efeito semelhante às bolas de golfe, com todos aqueles buracos que reduzem o atrito e permitem a bola percorrer uma distancia superior com uma tacada. Fizeram alguns testes em pequena escala e verificaram que existia uma ligeira melhoria na aerodinâmica do carro com os buracos das bolas de golfe. E claro que ao bom estilo do Mythbusters, aplicaram aquele efeito a um carro real.

Para o conseguir tiveram que cobrir todo o carro com argila/barro e com a superfície lisa fizeram um novo teste. Os resultados foram iguais, 26mpg. Depois aplicaram os buracos iguais às bolas de golfe, colocaram os restos de argila/barro dentro do carro para manter o peso igual e fizeram um novo teste.

Estão bem sentados? O resultado foi 29.6mpg!

Mythbusters - Carro com textura de bola de golfe

É claro que ninguém vai querer um carro com a textura de uma bola de golfe, mas é interessante ver o esforço que se tem feito para reduzir o coeficiente aerodinâmico dos carros actuais, e basta uma alteração na textura de um carro para obter ganhos de 11% no consumo de combustível.

Top GearCitroën Saxo eléctricoMais Gasolina Mobile no Nexus One

Comentários a “Um carro sujo gasta mais que um carro limpo”

11/01/2011 12:38

Se o carro for mais economico, não me importo com essa textura na lataria!

Francis comentou:
02/12/2011 03:28

Buracos iguais às bolas de golf não diminuem o atrito, diminuem o arrasto.
O ar torna-se turbulento na frente do carro, diminuindo a pressão frontal, consequentemente diminuindo a força de arrasto.
Muito interessante esse episódio…

Pinguim comentou:
08/04/2012 00:03

Ja existe pelicula com esta textura, claro que nao é tao grossa quanto a argila, mas tem textura e os testes mostram que a economia é identica a do video, a fabrica é americana.

Jose de Ribamar Corrêa comentou:
27/11/2012 15:50

Para ter o efeito desejado o carro deve ter a parte da frente (ataque)lisa e para traz o efeito bola de golf,assim funiona e os caçadores de mitos devem repetir a experiencia.

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.