Um pódio de má cara na Malásia

Pódio do GP da MalásiaAcho que este foi o pódio na história da F1 onde os pilotos estavam com mais má cara e de muito mau humor. O Hamilton não queria estar ali, o Webber queria estar em primeiro e o Vettel percebeu que fez asneira.

Vettel não cumpriu as ordens da equipa e decidiu passar Webber colocando em risco o resultado da equipa. As ordens internas são permitidas na F1, ao contrário do que acontecia há alguns anos atrás. A mesma situação ocorreu na Mercedes mas sem grandes repercussões.

Neste momento existe na Red Bull mau ambiente e pelas entrevistas que o Mark Webber deu, ficou no ar a ideia que estará a por em causa a sua continuidade na equipa. Veremos o que as próximas semanas nos reservam nesta “novela”. Tendo em conta os resultados de algo semelhante entre o Senna e o Prost, poderão vir aí tempos difíceis para a Red Bull.

Como fã acho que foi bom ter alguma acção na corrida que foi bastante parada, tirando os problemas nas boxes com a McLaren e a Force India, mas penso que será uma vitória para o Vettel que fica manchada sem necessidade.

MG Metro 6R4MotardsColocar o cinto de segurança

Comentários a “Um pódio de má cara na Malásia”

Paty comentou:
25/03/2013 10:52

Acho que o Vettel foi um justo vencedor e tendo em conta que na 1ª corrida ficou em 3º lugar.

No entanto, como estava a competir com o colega de equipa , talvez não devesse ter tomado a decisão de o ultrupassar. Mas se assim não fosse , nem sequer estavamos aqui a falar sobre isso…

Foi uma corrida interessantissima.

Não concordo que tenha sido assim tão parada , houve pilotos como o kimi , que recuperaram alguns lugares , a saída da force india por problemas técnicos , e o despiste do alonso…

venham as próximas 😉

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2016 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.