Xenon OEM vs Xenon Aftermarket

Cá volto eu a falar dos kits de xénon aftermarket. Apesar de todas as explicações que existem pela internet fora (até neste blog) os entusiastas dos automóveis continuam a fazer tudo ao contrário em relação ao xénon.

No fórum Autohoje o utilizador Vehicle abriu um novo tópico com o título “O xenon dos chineses” onde se queixa desta nova moda de instalar sistemas HID em carros que não estão preparados para tal.

Basta uma pesquisa naquele fórum para vermos que a desinformação é grande, desde escreverem que os faróis de xénon de origem são de 6000ºK ou 8000ºK a escreverem que os niveladores automáticos e os lava-faróis não são obrigatórios, bom, lê-se de tudo um pouco.

Xenon OEM vs Xenon Aftermarket 6000ºK

Na imagem acima, colocada no tópico que indiquei, pode-se ver do lado esquerdo um carro com xénon de origem (OEM) e do lado direito um carro com um dos famosos kits de xénon aftermarket com lâmpadas de 6000ºK.

Como podem ver na instalação OEM a luz tem uma tonalidade branca (entre os 4300ºK e os 5000ºK) e a luz encontra-se devidamente focada e ilumina a parede na sua totalidade.

Já na instalação aftermarket a luz tem uma tonalidade azul (6000ºK) e a luz encontra-se desfocada, ilumina exageradamente para a frente e não para baixo além de produzir bastante glare criando poluição luminosa. Isto vai resultar numa má iluminação da estrada uma vez que a luz vai estar focada nos objectos à nossa frente provocando o encadeamento sem iluminar a estrada.

Ainda existem outras condicionantes como o uso de lâmpadas D2S em ópticas sem projector, a má nivelação nos faróis, a sujidade nas ópticas que faz dispersar a luz (daí os lava-faróis) e a falta de regulação automática embora aqui se possa resolver a situação se os faróis estiverem devidamente focados e se o regulador interior manual for usado devidamente.

Infelizmente existem boas práticas que deviam ser ensinadas nas escolas de condução sobre a importância da regulação dos faróis, sejam estes de halogéneo ou de xénon, e em que situações se deve usar o botão interior para baixar os faróis mas com a falta de respeito pelo próximo que vemos nas nossas estradas isto torna-se cada vez mais utópico, por alguma razão os fabricantes optaram pelos niveladores automáticos nos automóveis equipados com xénon, é que a sua luminosidade é muito superior ao halogéneo e infelizmente o elemento humano falha bastante.

Smart Fortwo vs Toyota iQMercedes-Benz CLS by ASMAMichael Schumacher

Comentários a “Xenon OEM vs Xenon Aftermarket”

Ricardo comentou:
17/12/2007 21:30

Não vale a pena Eduardo, deixa-os andar! Já com as de Rallye de 100w era como era, o que interessa é que eles vejam bem, os outros que metam a cara para o lado.

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.