Xuning lá fora…

Eu pensava que os carros azeiteiros/xuning eram uma perola nacional. Enquanto passeava pelo site Wikipedia encontrei a definição de Import Scene e os esteriotipos negativos, que claro está, tanto se aplica em Portugal. E meus amigos, escreve-se tuning e não “tunning”.

Por lá a moda também é a mesma, carros da tanga com leds azuis nos “mijas” que atrofiam a vista de quem vem em sentido contrário, panelas que fazem muito barulho num Uno 45s, tampões cromados e claro, os tipicos farois traseiros tipo Altezza/Lexus IS. Vejam só!

Another new breed of import racer formed over the turn of the century called the “ricer”. This is a person that has a bad sense of autofashion. They usually have a slow car (without any suspension modificaton or engine tuning) and make failed attempts to make it look nice with Altezza-style tail lights, neon lights, stickers, windshield squirter lights, chrome rims, large wing, spray painted interior, etc. The general public relates these ricers with real import racers that actually know what’s going on, and this gives a bad reputation to the import scene.

O pior disto tudo é que estes gajos ainda têm credito pela asneira que fazem nos carros! Um bocadinho de cultura e bom gosto não custa nada e só vos fica bem!

Comentários a “Xuning lá fora…”

Não existem comentários a este artigo.
Inicie a discussão, envie o seu comentário

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.