Não cedemos a terroristas! Parabéns Antram!

Publicado a por Eduardo

Camionistas em greveAcabei de ler no Público que a Antram e o governo chegaram a acordo. O ISP não será alterado durante 3 anos o que indica que não vão existir baixas de ISP, o que é positivo para a nossa economia. As portagens vão ter uma redução de 50% à noite, reduzindo o tráfego de pesados durante o dia e permitindo até para estes um consumo de combustível mais baixo. Os preços dos fretes ficam também indexados ao valor do combustível.

Ora, estas são as três principais medidas que destaco, pois demonstram inteligencia por parte da Antram uma vez que vai permitir que as empresas nacionais se mantenham competitivas.

É também bom saber que o governo não cedeu a terroristas e arruaceiros, e é pena que o público em geral associe a Antram e os restantes camionistas aos piquetes de paralisação, uma vez que este protesto não é legal (não foi uma greve autorizada) e nem foi a Antram que convocou tal protesto.

Esses bandos de arruaceiros e terroristas que forçam os seus colegas a encostar, e que, mesmo acatando essa ordem com medo de represálias sofrem danos materiais com cortes das linhas de combustível, devem agora ser desmobilizados nem que para isso se tenha de usar a força. Não se admite que, directamente para a televisão, ameacem os seus colegas de profissão que querem trabalhar dizendo que se seguirem viagem é provavel que sejam apedrejados ou acabem numa valeta. Estes mesmos arruaceiros apedrejaram um camião que transportava medicamentos e culpabilizaram a polícia de não os ter avisado do conteúdo que circulava dentro do camião! As autoridades devem proteger quem quer trabalhar e proceder à identificação dos responsáveis, e 24 horas numa cela até ajudam a acalmar os animos.

A imagem dos camionistas em geral ficou manchada por causa de alguns mentecaptos que decidiram efectuar uma paralisação à força pois não concordavam com os requesitos que a Antram conseguiu obter.

Estes piquetes não representam a Antram, muito menos as empresas competitivas nacionais que se adaptam ao mercado. Ponham os olhos na Patinter, e se trabalharem com tanto empenho como se empenharam para fazer piquetes vão perceber que, com as medidas que a Antram conseguiu, têm tudo para ter sucesso. Por outro lado um varrimento das empresas que tecnicamente estão falidas e querem sobreviver à conta de subsídios é sempre positivo.

Esperemos então que se retome a normalidade até ao fim da semana.

Artigos relacionados

Um posto da Galp cheio
Um posto da Galp cheio
Ainda o ano passado se faziam trocadilhos com a palavra Galp (Golp) e se faziam boicotes à Galp, BP e Repsol porque vendiam a gasolina...
Combustíveis em alta. Carros eléctricos são solução?
Combustíveis em alta. Carros eléctricos são solução?
Estamos novamente numa daquelas alturas em que a comunicação social se foca no preço dos combustíveis porque voltaram a preços...
Bugatti Veyron 16.4 no Top Gear
Bugatti Veyron 16.4 no Top Gear
Basicamente este foi um episódio do Top Gear que se pode resumir em poucas linhas. Primeiro o hamster testou o novo carro da Marcos, uma...

Comentários

Antonio Marques
12/06/2008 21:10
Uma vez mais, um post cheio de bom-senso e análise para além do óbvio. Parabéns.
Já agora, sobre o "retorno à normalidade", é bom notar que a falta da dita não foi só provocada pelos camionistas... http://carrofamilia.blogspot.com/2008/06/bombas-sem-combustvel-um-hino-estupidez.html

Adicionar comentário

Obrigado, o seu comentário encontra-se a aguardar aprovação. Receberá um email quando este for publicado
Existem erros no formulário, por favor reveja os campos assinalados.
O seu email apenas é usado para controlo de Spam e apresentar a sua imagem personalizada através do serviço Gravatar