Guia para iniciantes do GPL Auto

Comutador GPL TartariniAntes de efectuar a conversão do 406 para GPL Auto procurei muita informação na net e, infelizmente, para aquelas dúvidas mais basicas não encontrei nada e tive que perguntar directamente a alguns utilizadores para esclarecer as minhas dúvidas. Outras, fui esclarecendo conforme ia usando o sistema de GPL.

Infelizmente ninguém se preocupa com estes assuntos, e vemos muitas vezes os novatos do GPL às “escuras”, principalmente na questão do abastecimento.

Ora, após 2 anos e mais de 58.000km percorridos a GPL penso que consegui obter informação suficiente para poder criar uma espécie de “guia” para os iniciantes nestas lides do GPL Auto, embora alguns destes pontos sejam especificos aos kits de injecção sequencial.

 

Kits de conversão disponíveis
Existem 2 tipos de kits disponíveis que se aplicam à maioria dos carros, são os kits aspirados e os kits de injecção sequencial.

Os kits aspirados são os mais baratos mas devem ser usados apenas em carros cuja alimentação ainda seja feita por carburador. A aplicação deste kit num motor de injecção leva normalmente a problemas com misturas demasiado ricas/pobres, rateres na caixa de admissão de ar, perda de potência e aumento de consumo. Grande parte dos problemas com GPL são derivados da aplicação de kits aspirados em carros de injecção.

Os kits de injecção sequencial são os mais aconselhados para as viaturas mais recentes com sistema de injecção multiponto, embora sejam aplicáveis também em motores de injecção monoponto.

Existem ainda os kits de injecção liquida, mais comuns em viaturas importadas, que permitem uma redução do consumo e aumento de potência. Existem também kits que permitem a conversão de viaturas de injecção directa.

 

Instaladores e marcas
Um instalador perto da residência ou local de trabalho é sempre um ponto forte numa conversão de GPL, pois após a instalação podem ser necessário efectuar algumas afinações do sistema para que o funcionamento a GPL seja igual ao funcionamento a gasolina.

Fazer vários quilómetros para instalar um kit de uma marca “especial” pode ser um erro se não existir suporte por perto ou se o instalador não se sentir à vontade para trabalhar com o kit indicado.

 

Potência e consumos
Muito se fala em perda de potência e aumento de consumos nos carros a GPL, mas é preciso adicionar uma grande pitada de sal neste assunto, principalmente quando se falam em aumentos de consumos na ordem dos 30%. Este aumento de consumo é uma realidade nos kits aspirados em carros de injecção ou em kits mais antigos e mal afinados. Nas instalações actuais o aumento de consumo em relação ao às médias a gasolina ronda 1 a 1.5 litros a mais por cada 100km.

Em termos de potência, com os kits de injecção sequencial, existe uma perda de potência em altas que ronda os 5cv. Em baixas a potência costuma manter-se muito próxima da potência actual e existe um ligeiro ganho em binário.

Se estivermos a falar de um kit de injecção liquida (a Setembro de 2009 ainda não disponivel em Portugal) temos uma redução de consumo em relação à média a gasolina e um ligeiro aumento de potência e binário.

 

Computador de bordo
Uma dúvida frequente é se o computador de bordo vai continuar a funcionar. Regra geral sim mas com uma margem de erro nos consumos igual à margem de aumento do consumo médio da viatura. Apenas a autonomia deixará de funcionar, pois estamos a circular a GPL e a fazer quilómetros sem que o nível do depósito da gasolina se altere.

 

Pontos a verificar antes da instalação
Para evitar dissabores com a instalação de GPL é bom verificar se o motor se encontra em condições. O GPL tem uma queima mais limpa e evita a acumulação de carvão no motor. Também efectua uma descarbonização o que pode aumentar o consumo de óleo se o motor tiver bastante carvão e este esteja a tapar algumas fugas. A queima do GPL também puxa mais pelo sistema de ignição.

É aconselhável, antes de avançar com a instalação, efectuar uma descarbonização seguida de um teste de compressão dos cilindros, assim como uma verificação do sistema de ignição e refrigeração.

 

A instalação
A instalação leva normalmente 2 dias a efectuar, mais a inspecção tipo B. A viatura deve estar em condições, pois caso chumbe por um motivo alheio à instalação é o cliente que irá acartar com as despesas de uma nova inspecção B que custa cerca de 96 Euros. O valor da instalação deve incluir já as despesas de legalização (inspecção incluida) e depósito de GPL cheio.

 

Leds indicadores
Para sabermos a quantidade de GPL que temos no depósito podemos verificar os leds no comutador (imagem em cima). Normalmente são 4 leds verdes que indicam o nível e um led vermelho para a reserva. No entanto estes leds nunca são de confiar e podem apagar-se vários leds rapidamente e o último led permitir fazer 300km ou vice-versa. O ideal é nos primeiros tempos atestar, colocar o contador parcial a 0 e tentar perceber qual o comportamento dos leds em relação aos quilómetros percorridos.

 

Passagem entre gás e gasolina
Sempre que damos à chave a centralina do GPL verifica a temperatura do liquido de refrigeração, e só quando este estiver a uma temperatura ideal (40º ou mais) e tiverem passado alguns segundos (normalmente 30) de termos ligado o carro é que a passagem para GPL é efectuada.

Esta passagem é totalmente automática, feita durante aceleração, e não é necessário carregar em nenhum botão para passar para GPL. Existe no entanto um botão que permite que, manualmente, passemos de GPL para gasolina e vice-versa.

Se o GPL acabar as luzes do comutador irão começar a piscar e é emitido um aviso sonoro e o carro irá continuar a funcionar normalmente a gasolina.

 

Abastecimento
O abastecimento é mais complicado de explicar por texto, até porque existem vários tipos de pistolas de GPL diferentes. Em comum existe um gatilho que prende a pistola e um botão onde se encontra uma mola que prende o gatilho.

Para iniciar o abastecimento basta enroscar o adaptador de enchimento na pequena rosca que normalmente está ao lado do bocal de abastecimento da gasolina, encostar a pistola ao adaptador e puxar o gatilho até este prender. Com a pistola bem presa basta ficar sempre a pressionar o botão de enchimento na bomba de GPL.

Após terminar o abastecimento, caso ateste irá ouvir um barulho caracteristico da válvula de segurança e deverá largar o botão, deve segurar na pistola e respectivo gatilho, carregar no botão para que esta desprenda e largar o gatilho suavemente.

Pode ainda visualizar o video neste post para ter uma ideia de como funcionam as pistolas de GPL convecionais e as novas Euroconnector.

Calendário do 406 Coupé ClubAcidente na Av. da LiberdadeVauxhall VXR8

Comentários a “Guia para iniciantes do GPL Auto”

Rui Peixeiro comentou:
18/09/2009 09:55

Excelente Post!

Há algum tempo que ando a pensar aplicar GPL no meu carro (Rover 216 Coupé) e este post ajudou a clarificar algumas dúvidas.

Só ainda não sei se instalo porque o carro já é de 1994 e ainda não sei se irei ter o carro tempo suficiente para fazer render o investimento no kit.

Quando se vende o carro, o kit é de fácil (e não muito caro) remoção e aplicação noutro carro, ou mais vale vender tudo junto?

Eduardo Maio comentou:
18/09/2009 10:31

Um Tomcat não se vende, isso é um futuro clássico ;)

É possivel passar o kit de um carro para outro, é preciso é que o novo carro tenha o mesmo número de cilindros, o mesmo tipo de injecção e esteja no mesmo intervalo de potência.

Em termos de valores não sei se compensa porque não sei quanto cobram os instaladores para uma operação deste tipo, até porque existe material que vai ter de levar novo (tubagens).

Pedro Cabral comentou:
24/09/2009 17:20

gas a 60cent! roubalheira!

João Xavier comentou:
02/10/2009 22:44

Instalei o sistema de GPL no meu veiculo, uma Renault Laguna Break modelo Dinamique 1.8 16v, à 2 anos sem que tenha tido problemas nenhuns, (o sistema instalado é da PRINS) mas à umas semanas tenho tido umas alterações do conta rotações em que acelera e desacelera constantemente ou fixa a rotação do motor a alta rotação (5000 rpm), acendendo a luz de avaria eléctrica. Fui a o electricista auto e este disse que o erro é da caixa da borboleta o que se veio a verificar que estava errado, dizendo ele que o sistema de centralina do veiculo é incompativel com o sistema gpl o que faz com que esta situação aconteça acrescentando que a centralina estava danificada por causa da incompatibilidade. Pergunto eu, se esta situação pode ser verdadeira visto que durante 2 anos não tive problema nenhum!?

Eduardo Maio comentou:
02/10/2009 23:57

João, o melhor é consultar primeiro o instalador de GPL para verificar se existe algum problema com o sistema. A situação só ocorre a GPL ou ocorre a GPL e a gasolina?

Ainda existe muito o preconceito que o GPL estraga os motores e alguns mecanicos sem conhecimentos em GPL descartam as avarias para este.

João Xavier comentou:
04/10/2009 20:26

Ando à uns dias só a gasolina sem que tenha tido as alterações que referi…contudo já me desloquei ao instalador que fez todos os testes ao sistema GPL estando este a funcionar em perfeitas condições. Vou circular mais uns dias a gasolina para verificar se acontece o mesmo, visto que o electicista disse que a centralina vai dar erro de novo porque a incompatibilidade (dita por ele) danificou a mesma.

Ricardo Lima comentou:
13/10/2009 01:53

Caro Eduardo, parabéns pelo post. É bom saber que posso continuar a confiar no “Gosto mais de carros…” para obter informação de confiança sobre estes temas.
Agora venho eu colocar uma questão. Tenho um carro a GPL há cerca de 6 anos, e sou um defensor acérrimo deste combustível.
Como o carro já tem uns anos, quero trocar de carro, e a minha ideia é comprar um carro a gasolina/GPL no estrangeiro (talvez França) e legalizá-lo cá, beneficiando de uma alegada redução do IA em 40%, se não estou em erro. Tenho procurado informações sobre esta regulamentação mas não está fácil encontrar a legislação oficial. Sabe alguma coisa sobre isto? Poderei comprar a gasolina no estrangeiro, instalar o sistema de GPL em Portugal e legalizá-lo, ou ele terá que ser importado já com a instalação feita? Os sistemas em França serão idênticos aos nossos?
Obrigado pela ajuda.

Eduardo Maio comentou:
13/10/2009 22:51

Ricardo, obrigado pelo comentário. Eu penso que essa redução no IA de 40% acabou quando entrou em vigor o novo método de cálculo de imposto para as viaturas importadas, e deixou de compensar.

De qualquer forma, o sistema teria que ser instalado no estrangeiro e trazer já o sistema devidamente homologado do país de origem.

Ricardo Lima comentou:
20/10/2009 00:50

Caro Eduardo, obrigado pelo esclarecimento. Na continuação das minhas pesquisas cheguei ao simulador do Min. das Finanças, que me levou a conhecer melhor a legislação agora em vigor.
Ao que parece, a redução é de 50%, mas só para veículos que funcionem EXCLUSIVAMENTE a GPL. Isto, para além de me parecer ridículo, é, acima de tudo, uma farsa e uma tentativa dissimulada de acabar com o apoio à importação de carros a GPL. Que carros no mercado é que são exclusivamente a GPL? Eu, pessoalmente, não conheço nenhum.
É lamentável que cheguemos a 2010 (uma data vista há uns anos como o “futuro” cheio de prosperidade científica e tecnológica) sem avanços significativos em matéria de apoios a energias alternativas, ou mesmo em implementação de novas soluções como o hidrogénio. O apoio aos híbridos e aos carros eléctricos, na minha opinião, é mais uma tentativa dissimulada de resolver um problema que está longe de estar solucionado. É uma ajuda, mas não é A solução.
Também é pena que em Portugal não exista uma entidade que exerça mais pressão perante o Governo e se mostre mais dinâmica perante a opinião pública, por forma a mudar mentalidades em relação a estas questões. Supostamente a ANIC-GPL poderia ter algumas destas responsabilidades, pelo menos em relação ao GPL.
Fica o desabafo.
Cumprimentos,

Miguel comentou:
04/11/2009 21:19

Este artigo serviu para tirar algumas dúvidas, mas permanece-me uma dúvida… será que um automóvel híbrido consegue ser mais económico do que um a GPL?

filipe silva comentou:
13/11/2009 22:34

Caros amigos necessito de ajuda. aduiri recentemente una xantia com o sistema gpl de marca MGPL-01E ao que julgo espanhol. haverà algem que me possa indicar algum instalador que trabalhe com esta marca?

Eduardo Maio comentou:
14/11/2009 14:30

Miguel depende do híbrido e do carro a GPL. Ao preço actual da gasolina um Prius tem um custo à volta de 6 Eur a cada 100km, o meu carro a GPL que consome 10.7 custa à volta de 6.15 Eur a cada 100km.

Um carro com consumos semelhantes a um Prius, se convertido a GPL, vai ter um custo de 4 Eur a cada 100km, já a contar com o aumento do consumo na conversão para GPL.

Filipe tem a certeza que é essa a marca do kit? Verifique na centralina ou vaporizador pela marca do kit ou dirija-se a um instalador para confirmar essa informação.

Pedro comentou:
28/12/2009 16:19

Nao consigo compreender o aumento do GPL para 65cent nas bombas de marca.
O gás de casa não aumenta à meses… A gasolina tem andado sempre no mesmo valor… Porque raio estao a aumentar o GPL? Será para poder oferecer o desconto de 7cent da Galp?! + a promoção vice-versa?

Bernardo comentou:
28/01/2010 22:15

Bons comentários . Eu tenho a minha viatura a GPL à 4 anos um sistema BRC nunca tive o mais pequeno problema e levo perto de 80 mil kms feitos .Nenhum dos comentadores sabe mais ou menos o valor de retirar o sistema do meu carro e colocar no outro ? Penso que esta duvida já foi colocada mas fica no ar outra vez!

Filipe Teixeira comentou:
03/02/2010 22:53

eu ainda nao instalei gpl e tenho um pouco de receio porque o meu carro ja e de 1991 um r19 e ja la vao 180 mil kilometros sera que me podem aconselhar um centro autorizado na zona de amarante ou felgueiras que me possa aconselhar ou se alguem me ajudar aki gasto 2000 euros de gazolina por ano sera k compensa antes da vida do carro acabar?… obrigado e parabens porque na falta de informaçao ajuda mt

Filipe Teixeira comentou:
09/02/2010 22:32

alguem me explica o k e fazer descarbonizaçao do motor ja me disseram k era abrir o motor e limpar

Eduardo Maio comentou:
21/02/2010 11:33

Filipe a descarbonização do motor é uma limpeza feita aos injectores e câmara de combustão, normalmente pela introdução de agentes de limpeza em conjunto com combustível para proceder a uma limpeza do motor

Existe o mesmo processo para o óleo mas isto obriga a rodar uns quilómetros com o agente de limpeza e depois efectuar a troca de óleo.

Não é necessário abrir o motor.

pedro comentou:
20/04/2010 22:18

grande post
mesmo 5*
estou prestes a colocar um clio breck 1.2 16v de 2008 a gpl
espero que o pequeno motor esteja a altura visto ter 20mk
penso que sera boa escolha o não
se possivel e agradecia desde ja que
comenta se o motor em questão
obrigado

Josemar comentou:
11/07/2010 15:54

Viva a todos! Dou os parabéns ao moderador deste site por ter esta ideia de explicar o gpl aos mais “novos”, como eu! Tenho um opel vectra de 92 com gpl (BRC??) e o antigo dono disse-me que teria que, no comutador, ao mudar de gasolina para gás, colocar o botão na posição do meio para gastar o resto de gasolina e quando o carro começasse a “pedir” é que mudava para gás(3ª posição)!
A minha questão é e o inverso tambem se aplica, ou seja e se estiver a gás e eu quiser mudar para gasolina? Obrigado!
José

Eduardo Maio comentou:
19/07/2010 19:46

Josemar esse método aparenta ser o de um kit aspirado. Infelizmente não o posso ajudar pois não tenho experiência. Tente no fórum do Autogás.

david Vitorino comentou:
17/08/2010 11:38

Boas!
Resentemente comprei um renault clio tce 1.2 turbo 101CV como nao fasso muito mais de 15mil km por ano achei que a gasolina era suficiente, mas como resentemente vou ser trasferido de lucar de trabalho e estudo a noite vai implicar 200km todos os dias o que deixa fora de questão a utilização da gasolina. tanho pena de me desfazer do meu carro já que comprei a versão sport com mil e uma coisas que na altura 18500 euros e agora a troca querem darme 7500 euros e o carro nem tem dois aos, estes vendedores!!!! a que ter muita atenção nos negocios. Procurei em setubal imformações sobre sistemas GPL e disseram-me que para este motor que é resente, ainda n exite equipamento gpl, alguem me pode ajudar?
obrigado
cumprimentos
David

Edgar comentou:
18/08/2010 22:14

Olá.
Li atentamente todos os posts, mas falando da importação…
Imagine:
Vou a Alemanha e escolho um Audi A4 2.0TFSI de 2009 a Gasolina.
Como é a Gasolina o ISV é caro, será que dá para o converter e depois legalizar como carro a GPL?
Obrigado a todos

rui gouveia comentou:
14/10/2010 16:16

sem chance. ele è legalizado a gasolina . porque funciona com os dois combustiveis . a uma legalizaçao para carros a gaz mais barata mas tem que ser eliminado definitivamente o funcionamento a gasolina . senao seria facil , legalizava.se a gpl e depois rolava.se a gasolina . e isso para a alfandega nao da jeito que eles gostam è de “comer”.

Eduardo comentou:
17/10/2010 02:49

Rui já foi possível efectuar a importação e ter um desconto no ISV (40% se não estou em erro) se o carro estivesse convertido para GPL Auto no país de origem. Actualmente este desconto já não está contemplado no orçamento de estado.

Bzidroglio comentou:
21/10/2010 15:41

David Vitorino, aconselho-o a ligar para o importador dos kits BRC (Sr. António d’Ercole) e colocar-lhe essa questão. Os seus contactos são: 262-950127 ou 96-4016132. Se ele não souber, poucas mais pessoas saberão se no seu carro pode ser instalado um sistema de GPL. Mas, quase a 100% lhe diria que sim. Com o conhecimento que hoje em dia já existe dos sistemas de GPL quase todos os carros são instaláveis. Acho que excepções são(ou eram há uns tempos) o Pajero Pinim e os Golf TSI. Força nisso!

Miguel Madureira comentou:
16/12/2010 17:42

Muito boa tarde, Estou a pensar em por gas num rover 25 1.4 103cv tem 84mil km do ano de 2000. Será que compensa? eu faço cerca de 10 a 15 mim km por ano. e o carro consome-me um bocado a gasolina. se nao terei de trocar por um a diesel.

miga comentou:
10/01/2011 19:06

boas eu gostaria de saber que sistema de gas dos novos se incia o mais rapido na transiçao de gasolina pra gpl
é que eu tenho um renault megane 1996 1.4 com o sistema de gas aspirado so que este sistema eu é que escolhe o tipo de combustivel a que ele anda se for preciso ponho a trabalhar a gas nao é que pegue muito bem mas da pra fazer
neste momento esta a pensar mudar de carro, como fiquei contente com este sistema e faço poucos quilometros de cada vez eu queria saber qual é o sistema que passa mais depressa pra gas, o seu preço e o tempo de transiçao

Eduardo comentou:
18/01/2011 22:14

miga os actuais sistemas de injecção fazem a transição de forma automática. Começam a funcionar a gasolina e assim que atingem uma temperatura mínima passam para GPL sem que o condutor se aperceba disso.

Normalmente define-se um tempo mínimo de 30 segundos e uma temperatura mínima de 45º por exemplo.

No meu caso de Inverno chego a fazer 500 metros a gasolina de manhã, no Verão por vezes estou a sair do estacionamento e já vou a gás, nem 50 metros faço.

drift_porto comentou:
01/02/2011 15:07

boas pessoal…
estou a tentar pesquisar informação sobre o gpl , e gostava de saber se alguém aprova comprar um carro já com gpl instalado.
ou seja, estou interessado num carro que já esta equipado com este sistema, mas uns dizem que e bom, outros dizem que não…
será uma boa opção adquirir um carro já a gaz ou melhor comprar um a gasolina e converte lo?
o que será mais fiável?
desc a minha ignorância …
abraços drift_porto

Eduardo comentou:
20/02/2011 15:45

Depende muito do kit instalado e do carro onde está instalado. Se tiver sido uma boa instalação com um kit adequado compre-o já convertido.

Evangelista comentou:
14/04/2011 19:58

Tenho um C200 Kompressor a gasolina e gostava de instalar GPL, agradecia informação sobre qual o melhor sistema a instalar e qual o instalador credenciado no Algarve.

fabio comentou:
30/07/2011 18:40

boas…preciso de ajuda por favor…tenho um rover 414 a gpl, o carro agora quando vou a 90, 100km/h se carregar na embreagem ele vai abaixo, alguem me sabe ajudar no que puderá ser? e tambem verifiquei um tubo que vai ligar do sitio da massa de ar a um deposito redondo que nao sei qual o nome, o tubo no meio tem tipo um sangrador, e verifiquei que quando isso aconteceu vi que asse sangrador estava tipo branco, e o deposito de onde esse tubo vem tambem estava todo branco, o carro deixou mesmo de responde a gpl, mas a gasolina funciona bem, so que agora ja da novamente mas em relenti vai abaixo…cumps

Eduardo comentou:
03/08/2011 10:37

Fábio já consultou o seu instalador GPL para verificar essa situação?

Elise comentou:
14/09/2011 13:34

Olá! Estou a pensar comprar o chevrolet aveo bi-fuel, contudo tenho andado um pouco na duvida. É verdade que a nível de gastos monetários em combustível é bastante económico mas será que o carro aguentará bem longas viagens? E a nível de manutenção será dispendioso?

Paulo comentou:
03/12/2011 00:26

Boas. Tenho um série 1 (116 gasolina, E87). conhecem alguém que já tenha alterado para GPL? Os instaladores não tem muita experiência neste modelo e dizem que pode ser complicado fazê-lo da melhor forma.

André Lopes comentou:
18/01/2012 18:03

Boa Tarde.
Estou a pensar comprar um BMW 320i de 1997 e converte-lo a GPL…
Será que compensa e é seguro visto que o carro já tem “alguma” idade?
Qual seria a melhor marca a instalar?
Já agora…alguém conhece um bom instalar de GPL na zona de Aveiro?
Obrigado
Cumprimentos

Rui Paulo comentou:
26/01/2012 18:20

Boas tive um punto 1.1 e fiz 80000Km e trabalhava só a GPL agora tenho um Laguna 1.6 já o transformei a GPL e é de injecção será que alguém me pode ajudar no seguinte:
Quando o ponho a trabalhar está algum tempo a gasolina só depois é que vira a Gpl o que aumenta o custo do Km existe alguma maneira de incurtar o tempo da passagem a GPL.

Eduardo comentou:
30/01/2012 20:19

Rui Paulo nos kits de injecção sequencial o arranque é sempre feito a gasolina, normalmente durante os primeiros 30 segundos ou até chegar aos 45º.

Isto é necessário para evitar que os injectores de gasolina fiquem com depósitos e avariem. Em carros que estão sempre a ligar e a desligar (táxis por exemplo) existem kits que permitem arrancar logo a gás caso a temperatura esteja acima do valor indicado. A mesma coisa acontece agora nos carros com Start-Stop.

Eu que actualmente faço percursos pequenos gasto cerca de meio litro de gasolina a cada 100km, quando andava mais ainda gastava menos. Pessoalmente acho que não vale a pena, a não ser em casos específicos onde o carro anda sempre a ligar e a desligar.

paulo pereira comentou:
01/02/2012 12:42

Boa tarde. desde ja parabens pelo post. tenho uma carrinha passat 1800 turbo de 1998 comprada mt recentemente,e estou a pensar colocar o sistema gpl gostava que me informasssem sobre que valores se gastam para a instalacao neste momento e que sistema…sou de gaia ja me fui informar a um instalador e falou me em 1750euros mas ja ouvi falar que ha sitios que levam tb 900 e 1300 euros…sera que me podem ajudar?obrigado

Luis Matos comentou:
12/02/2012 19:20

Boa tarde,

Andava a navegar na internet a procurar informações e descobri este site que explica bem todas as coisas que procurava, espetáculo!:)

Tenho uma dúvida: Tenho um corsa C 1.2 do ano de 2003, andava a pensar fazer a conversão para GPL, qual é o kit recomendado para este motor?

Compensa ter GPL neste carro, visto que é fraquito?

Cumps a todos

Jorge comentou:
14/02/2012 15:41

Boas

Foi muito esclarecedor o post, gostaria de saber o que acha de colocar um BMW 320 i com 170 hp de 2007, acha que os consumos serão muito elevados? Já agora o que me pode dizer mais acerca dos kits de injecção liquida…
Obrigado

Andrade comentou:
16/02/2012 18:11

Olá gostaria quem me dessem uma opinião tenho um wolksgaven polo 1.0 do ano de 2000 com 100 mil km, se valeria apena por o kit de gpl, para poupar mais em gasolina.
O que me leva a pensar é a idade do carro e a kilometragem!

david comentou:
25/02/2012 17:24

alguem me sabe dizer se nos carros a gpl os consumos variam muito entre o verao e o inverno?pareceme ke o meu carro tem feito maiores consumos neste tempo frio,ou sera de eu muitas vezes arrancar com o carro a frio.ah ja agora os carros a gpl gastao mais agua?87

David comentou:
28/02/2012 23:58

Existe alguma base de dados para saber onde se fazem instalações de kits de aspiração líquida? Qual o preço médio da montagem desse sistema?
Obrigado

Eduardo comentou:
04/03/2012 12:21

Paulo Pereira esse valor está correcto, se algum instalador lhe sugerir a instalação de um desses kits aspirados com um valor mais baixo então não é um bom instalador. O seu carro não vai funcionar bem, vai consumir muito e poderá ter problemas mecânicos mais tarde.

David os consumos variam mesmo a gasolina entre o Inverno e o Verão por o ar ser mais frio e denso. No caso do GPL nota-se mais porque a própria mistura vendida tem mais propano no Verão, tornando-o menos eficiente. No Inverno a mistura tem mais butano e acaba por reduzir os consumos.

Agora o normal é consumir mais no Verão e menos no Inverno, mas não nos podemos esquecer que muitas vezes a carga eléctrica num carro é superior no Inverno (luzes, desembaciador, ar condicionado) e se o carro está sempre frio nos percursos que faz acaba por gastar mais.

Em relação a gastar água não é normal. Verifique se não tem nenhuma fuga.

Os restantes que questionaram sobre injecção liquida, este tipo de kit só se aplica em meia dúzia de motores de injecção directa e só tenho conhecimento da FrontFuels a efectuar este tipo de instalações.

njnboliveira comentou:
07/03/2012 17:53

Boas, parece que tambem me converter ao GPL,….tenho algumas duvidas , estou interessado em comprar em 2ª mao ja com GPL instalado, ando a pensar no ALFA 147 1.6, no ROVER 25 1.4 ou ate FOCUS 1.4 , gostaria da vossa opiniao em relaçao a melhor opçao , se tem algum feed back de algumas destas viaturas ja com GPL, e em relaçao aos consumos que poderei fazer com estes exemplos de viaturas

JOÃO ARRAIS comentou:
01/04/2012 08:52

Bom dia a todos.
Instalei o meu Renault modos 1200 a GPL a 4 dias, noto que o carro ficou a responder melhor a GPL que a gasolina.lolo
Mas estou com um problema o carro já foi 4 vezes a baixo e depois não pega, rodo a chave e o motor nem da sinal de vida, parece que nem existe motor. isto acontece quando chego a uns semáforo ou cruzamento.
O meu instalador diz que tem que afinar o kit e o problema esta em pouco gás que esta a entrar no sistema.
Na minha opinião não me parece porque se assim fosse quando metesse a trabalhar mesmo que não arrancasse o motor de arranque dava sinal. mais me parece um problema electrónico. mas eu nao percebo nada do assunto. lolo
O que vos parece?
Desde já agradeço as opiniões de quem queira ajudar.

João comentou:
04/04/2012 15:22

Boa tarde, acabei de instalar um kit GPL BRC no meu corsa de 2007, 1,2 e o computador de bordo esta a dar informação normalmente, de consumo instantaneo, nº de litros. No instalador disseram.me que acontece em alguns casos e que assim sendo esta informação é fiável sobre o consumo do GPL. é mesmo assim? Existem margem de erro?

Miguel comentou:
06/04/2012 19:12

Tenho um honda jazz 1.2 com 78cv, gostava de saber qual o sistema mais indicado para o meu carro e o preço? Obrigado

paulo simoes comentou:
17/04/2012 18:11

ola boa noite tudo bem??? gostava saber uma coisa… eu tenho um mercedes E430 V8….tou pensar por gpl mas sera que compensa?? meu gasta normal 11L aos 100.. pondo gaz ele fica a gastar mais?? alguem me poderia responder? obrigado

João Manuel comentou:
26/04/2012 16:39

Miguel, para o seu Honda o melhor sistema é o de injeção e custa 1500 euros.

Filipe Pereira comentou:
19/07/2012 17:28

Viva,

antes de mais parabéns pelo conteudo.

alguem pode dar uma dica se o instalador de Viseu é de qualidade, ou será melhor optar por outro, e se sim, um com boas credenciais? Já agora, para uma carrinha Volvo V70 T5 de 2003 qual o melhor sistema a instalar? Obrigado, cumprimentos.

Julio Macedo comentou:
19/07/2012 17:36

Para um carro com 180 cv, com um consumo médio de 10 l / 100 Km, qual será a redução de potencia esperada com o GPL e aumento de consumo relativamente ao que gasta com gasolina?

Obr, cmpts

Berta Franco comentou:
23/07/2012 15:56

Tenho Skoda Fabia break 1.2 de 2003 gasolina e estou a pensar adpatar GPL. Como não percebo nada de GPL (e igualmente nada de mecânica…) e tendo o Eduardo Maio mencionado existirem vários tipos de kits, qual é o tipo de kit que devo certificar-me que o instalador coloque?
Alguém poderia aconselhar um instalador na zona oriental de Lisboa?
Obrigada

Eduardo comentou:
04/08/2012 17:07

Será um kit de injecção sequencial para esse motor.

Eduardo silva comentou:
10/08/2012 00:49

Boas, comprei um mercedes c 180 coupé , e a ideia é converter para gpl , mas com tantas soluçoes em kits, tenho medo que o instalador me ponha um, mas daqueles que ele tem para lá, tipo os que se vende menos :) O que devo instalar ?

fernando emanuel a nogueira comentou:
24/08/2012 15:28

boa tarde
tenho uma duvida : quero instalar o sistema GPl no meu carro Seat Leon 1.6 105 cv , e tenho a duvida se o consumo é feito em simultaneo , ou se consome só gpl e depois a gasolina ?
sera que me balera apena instalar o sistema a jpl tendo ele 135mil km
obrigado e parabens por este saite

MGZ comentou:
30/08/2012 01:19

Boa noite!
Parabéns por espaço tão esclarecedor.

Tenho algumas duvidas em relação ao sistema gpl.
Num carro que gaste 7 l/ 100 km a gasolina, qual será a proporção para gpl? Gasta mais litros? Eu pensava que o consumo fosse exactamente o mesmo.

Eu faço todos os dias mais de 120 km e tou a ponderar investir num veiculo a gpl, mas gostaria de saber se compensa realmente.

Neste momento tenho um audi A3 a diesel que gasta cerca de 6 l / 100 km, no entanto no final do mes gasto mais de 300 euros em combustivel.

Num veiculo a gpl gastaria metade, certo?

Obrigada

Eduardo comentou:
30/08/2012 19:55

Fernando o carro apenas consome ou GPL ou gasolina, não consome os dois combustíveis em simultâneo. Na maioria dos casos o carro arranca a gasolina até aquecer (30 seg / 1 min) e depois passa a circular apenas a gás automaticamente.

MGZ depende do carro e do tipo de afinação, mas um carro que gaste 7 a gasolina provavelmente vai gastar uns 8 a 8.5 a gás. O que torna o GPL interessante é o seu preço, por exemplo agora na Repsol o GPL está a €0.834 enquanto que a gasolina 95 está a €1.754 e o gasóleo a €1.559.

pedro curto comentou:
19/09/2012 15:32

boas tenho um mercedes classe E coupe 200 cgi de 2010, esta viatura pode ser colocada a GPL???qual o preço? qual o kit mais adequado? a viatura perde a garantia de fabrica?

António comentou:
12/11/2012 19:55

Boas,
Tenho um CLK 230 Kompressor a GPL, de 2001 (comprei a cerca de 6 meses) e ha algum tempo a esta parte, quando o ponho a trabalhar de frio, ele custa a pegar e vai varias vezes a baixo, dando muito estalidos ou rateres. Qual será o problema? Terá a haver com o Kit de instalaçao do GPL? Será precisa alguma afinaçao do sistema? Digam algo! Obg

artur barbosa comentou:
02/12/2012 01:44

Boas,
queria colocar um sistema gpl num mazda xedos 6 1.6de 1997, alguem me pode dizer qual o sistema mais adequado e qual o preço?Obg

Nuno Miguel comentou:
05/12/2012 15:41

Boa tarde
Sou do Porto e comprei recentemente um Porsche Boxster 2.5 204cv de 97 e procuro um sitio credenciado para fazer este serviço. pela vossa experencia alguem me pode informar onde poderei colocar de maneira que o serviço fique bem feito, e já agora qual o valor para este tipo de serviço tendo em conta que é um porsche com 6 cilindros.
cumprimentos e abraços para todos os possuidores de kit gpl.
abraço

paulo barroso comentou:
09/02/2013 14:55

ola caros amigos
eu adquiri um seat toledo V5 de 150 cvl do ano de 99 e ja estava reconvertido a gas, no entanto e como sou novato nisto, ja efectuei alguns kilometros e devez em quando ao ligar o carro ele faz um barulho esquisito durante um minuto ou 2 depois acaba e tipo como se estivese um motor ligado mais ou menos tipo de um aspirador ligado.

algem me sabe dizer o porque?

muito obrigada a tos

antonio fernandes comentou:
24/10/2013 15:54

olá boa tarde, tenho um Audi 1.6 a gasolina de 1996 com 150.000km,a minha duvida é se me aconselham a meter o GPL,dado que os combustíveis estão todos a subir
não faço muitos km, mas o pouco que faço consome muito.
qual o preço de instalação atualmente, vivo na zona de Braga, qual o posto que me recomenda?

Eduardo comentou:
27/10/2013 13:01

antonio fernandes o melhor é fazer contas, nem sempre compensa. Existem alguns simuladores em sites de instaladores e até no site da Galp existe um simulador para verificar se compensa mudar de combustível.

João Correia comentou:
11/11/2013 20:17

Olá boas
Descobri este excelente forum e desde já os meus parabens pelo mesmo.
Tenho um seat cordoba 1.4 60 cv monoponto de 1995 em perfeito estado de conservação e manutenção, mas com 200000 km, vou fazer a conversão para GPL com um kit BRC devido aos instaladores próximo da minha residencia trabalharem com esta marca, não sei se é uma boa ou má marca, pois só muito recentemente tenho lido sobre GPL.
O instalador com quem tenho contacto não aponta nada negativo para a instalação neste carro, mas após alguma informação que fui lendo na internet, soube que o GPL pode ser prejudicial para um motor com esta quilometragem, assim pensei e estou decidido (já que apenas pago o material) a abrir o motor e subsituir segmentos, optando pelos Goetze e rodando valvulas para assim começar a funcionar a GPL com o motor limpo, instalando também o kit de lubrificação para uma melhor proteção do motor.
Como iniciante nesta matéria pedia um conselho sobre a intalação nesta viatura, tal como qual o melhor kit, ganhos ou percas de potencia e ou consumos, se o sistema de lubrificação a instalar é aconselhavel,bem como se estou a agir corretamente em relação a abrir e descarbonizar o motor tendo em conta os 200000 km.
O meu obrigado

Eduardo comentou:
16/11/2013 00:59

João Correia a BRC é uma das melhores marcas, mas o que interessa mesmo é que o instalador esteja habituado a instalar este tipo de sistemas.

Em relação aos quilómetros, o ideal é fazer uma descarbonização antes de avançar com a instalação para ver o consumo de óleo. Se vai instalar e descarbonizar, não vale a pena. Poupe o dinheiro que o GPL vai acabar por limpar os depósitos de carvão do motor.

Depois é ver se o sistema de ignição e refrigeração está em condições. Se estiver não existe nada para correr mal com a alteração para GPL.

matibe comentou:
23/01/2014 16:21

parabens… Ate que enfim alguem se dedicou e partilha as questoes do gplauto.
Tenho um BMW316i de 1997 com 100000km, estou a pensar em transforma-lo para gpl.
Que tipo de kit devo instalar e onde o devo fazer visto morar em lisboa

zarkai comentou:
07/07/2014 22:51

Ola! Gostava de saber a vossa opinião sobre o a minha duvida tenho um FORD FOCUS 1.6 DE 115 CV de 2009 e instalei o sistema de GPL BRC , ate ver tudo impecável sou esto um pouco triste é com o consumo, quando fui buscar o carro o deposito vinha cheio o penso eu que vinha pelo menos os 4 leds estavam ligados então pus o conta klm a 0 e agora ainda so fiz 334 klm e o ultimo led já esta a piscar,sera que nem 400 klm consigo fazer ??

zarkai comentou:
07/07/2014 22:54

e já agora alguém me sabe dizer mais o menos quantos litros leva o deposito que se encontra no0 lugar da roda suplente ?? obrigado cumprimentos

Eduardo comentou:
16/07/2014 23:36

zarkai deixe acabar o gás do depósito e depois ateste. Faça alguns quilómetros e volte a atestar para ter uma ideia da média, assim pelos leds e sem saber quanto gás lá está é dificil. Dê uma vista de olhos em Como calcular os custos do consumo de combustível.

Em relação ao tamanho do depósito devia ter-se informado antes de fazer a instalação quantos litros leva o mesmo, imagine que lhe montaram um depósito com pouca capacidade. Consulte o DUA que tem lá a informação, depois é retirar 20% que tem o valor efectivo.

Os depósitos de GPL só enchem até aproximadamente 80% da capacidade por questões de segurança.

Nuno comentou:
24/07/2014 02:11

Boa noite
Desde já agradeço pela oportunidade de colocar algumas questões que venham a ser respondidas. Sendo assim, começo por apresentar o veículo em questão: mercedes SLK 200 kompressor de 2005 (4 cilindros, com 163 cv) com 80.000Km, pode ser colocado a GPL? Qual o kit adequado? E o preço? Qual o sítio na zona do Porto credenciado para fazer este serviço? Os veículos a GPL precisam de ser muitas vezes afinados o que acarreta mais despesa? Se fizer está alteração as emissões de CO2 serão menores e o IUC também?

Com os melhores cumprimentos
NC

Francisco Morgado comentou:
28/07/2014 20:57

A minha experiencia a GPL é bastante elevada tive Honda Accord que fiz 350.000 Km, agora no Carro actual Honda CIVIC 1600 Vetc de 150 Cv Ano Agosto 1991 já vou com 380.000 Km e a Viatura está para Durar presentemente está co + meio milhão Km ( 524.000) continua em bom estado de guncionamento Faço uma Média de 4.000 Km por Mês.

Há técnicas de condução para uma boa durabilidade dos motores

Eduardo comentou:
11/08/2014 18:13

Nuno o preço depende do kit, pode rondar os 1500 a 1700 Eur, ou mais se for de injecção liquida, caso seja possível a sua instalação.

Se for um kit de injecção apenas existem afinações nos primeiros 2000km após a instalação, normalmente é efectuada 1 afinação adicional se for preciso alterar algo, em alguns casos nem é necessário.

Em relação ao IUC este continua a ser taxado pelos valores a gasolina.

Nuno comentou:
06/10/2014 09:36

Bom dia,

Tenho um carro a GPL há cerca de 4 anos, e já lá vão 95.000 kms percorridos a GPL, sem nunca ter tido um problema e com grandes poupanças nos consumos. Contudo, desde há cerca de 2 meses, que quando arranco com o carro frioe ainda a trabalhar a gasolina, este pede a força e começa a soluçar bastante. Já tiveram algum problema semelhante?

Eduardo comentou:
07/10/2014 11:19

Nuno a gasolina está no depósito desde quando? Costuma andar com pouca gasolina do depósito?

Nuno comentou:
07/10/2014 21:18

Boa Noite Eduardo.

A gasolina não é muito antiga. Normalmente coloco cerca de 20 a 30 € de gasolina que me dão para 2-3 meses. O deposito anda em média com cerca de 1/4 de gasolina, já tem andado com menos que isso durante algum tempo. Pensei que o problema poderia estar algo relacionado com o facto de ter pouca gasolina e atestei, mas o fraco rendimento a gasolina (perda de força e soluços) mantiveram-se. Na oficina não identificaram o problema. Também já me disseram que poderia ser o filtro da gasolina, mas este corro não tem esse filtro. Está complicado, descobrir uma solução…

Eduardo comentou:
08/10/2014 20:28

Filtro terá certamente, nem que seja na própria bomba de gasolina. Infelizmente pode ser muita coisa, desde filtros a injectores entupidos ou bomba de gasolina com pouco rendimento para manter a pressão na régua dos injectores.

O ideal é ligar o carro à máquina na marca para verificar se a pressão do combustível está em valores normais.

Em relação ao nível do combustível deve-se andar sempre com 1/4 ou mais para que a bomba vá arrefecendo. Quando o carro está a GPL a bomba de gasolina continua a funcionar, se tiver pouco combustível vai aquecer e acaba por trazer problemas a longo prazo.

Nuno comentou:
09/10/2014 14:14

Obrigado. Essas situações de injectores, pressão do combustível já foi tudo verificado.
Vou ver a evolução, se persistir, terei de deixar novamente na oficina para uma análise mais detalhada.

Tania comentou:
05/02/2015 10:43

Boas,

Comprei recentemente um carro transformado em gpl em 2009,0 carro e de 2000.
Chego a fazer 50 km e ele sem passar para gpl andado sempre a gasolina , é normal?

João comentou:
06/02/2015 16:36

Boa tarde,
Comprei um opel astra H com instalação LPG da prins. Fiz o teste drive e tudo bem… Quando vinha para casa abasteci o deposito gas e pus meio deposito de gasolina. fiz mais uns 10 quilometros e a luz de avaria do motor acendeu. Liguei para o ex-dono e ele disse-me que se devia á má qualidade do gas. Desde a altura ja fiz mais de 1500km com o carro sempre com a luz acessa sem qualquer problema e o consumo de gas muito satisfatório (450km depósito). Já me disseram que podia ser as velas mas acho que para tal deveria consumir mais do que devia.
Será que me podem ajudar a saber do que se trata e o que fazer?
Grato.

Eduardo comentou:
18/02/2015 22:05

Tania não é normal, deve ir ao seu instalador para rever a configuração da passagem para gás. Em dias muito frios deverá fazer na pior das hipóteses 2km a GPL.

João deve ir a um instalador para que o carro seja novamente afinado para o tipo de gás que está a colocar. Essa situação ocorre quando se muda de um GPL com mais butano como o da Repsol para outro com mais propano.

jose oliveira comentou:
04/03/2015 21:56

boa noite comprei um mercedes c 180 de 1999 e quero instalar gpl , sou do montijo , onde devo e qual devo instalar obrigado

João comentou:
10/03/2015 17:35

Eduardo muito obrigado pela sua opinião. Parece que tem toda a razão, andei a por gas noutra bomba e o sinal de avaria desapareceu. Ao por numa diferente voltou a aparecer -.- o problema é que eu tenho uma sistema de gas da alemanha (prins) e eu de momento estou na Polonia a trabalhar… Na sua opinião isto é um caso grave ou posso estar descansado e nao terei problemas?
O carro anda e consome perfeitamente e já me disseram para não ligar ao sinal… Embora não goste de ver o tal sinal de avaria…

Eduardo comentou:
12/03/2015 23:51

João será algo a rever, pode estar a circular com mistura pobre por exemplo o que leva ao aumento da temperatura no motor.

A Prins tem representante na Polónia, pode aceder a http://www.prinsautogaz.pl

J.Veiga comentou:
22/04/2015 20:25

Tenho um ford focus 1400 a gpl e em 10000km já queimou 2 bombas de gasolina, ninguém me dá uma razão plausivél. Só uso gasolina galp, nunca deixo o nível de gasolina baixar de 1/4 de depósito.
Quem me ajuda?
Obrigado

Eduardo comentou:
27/04/2015 20:07

J.Veiga os únicos casos que conheço da bomba de gasolina queimar é porque ela aquece por ter pouca gasolina no depósito.

Agora 10.000km acho um intervalo curto, não existe nenhum curto circuito ou algo do género?

Sérgio chambel comentou:
20/06/2015 11:28

Bom dia,
Tenho um renault megane 1.4 16v de 2000 com cerca de 115000 Kms, comprei-o à um ano propositadamente para instalar GPL.
Procurei o instalador mais referenciado da zona de Setúbal para fazer a conversão e tudo tem corrido bem neste primeiro ano, e conto já com cerca de 20000 Kms feitos a GPL (sistema Landi- Renzo).
Desde há uma semana que me aconteceu, já por 2 vezes, uma coisa curiosa. Depois de arrancar com o carro e depois da passagem a GPL, e ao fim de poucos Kms, paro o carro e quando tento arrancar uns minutos depois, as luzes do comutador no habitáculo não acendem e o carro não pega. Então lembrei-me de tirar o fusível da centralina do gás e depois já me permite o arranque e depois trabalha perfeitamente a gasolina. Contactei o instalador que me garante ser o primeiro caso em que acontece e que só pode ser uma coincidência, porque a centralina GPL não faz nenhum corte de ignição.
O instalador é mesmo muito experiente e pessoa de seguríssima idoneidade, por isso peço aqui a ajuda possível para tentar esclarecer este embróglio!
Os renault são manhosos com as bobinas de ignição, será que pode ser esta a causa? ou velas?
Desde já agradeço qualquer esclarecimento.
Com os meus cumprimentos,
Sérgio Chambel

João Marques comentou:
20/08/2015 10:07

Gostei de ler alguns destes comentários e são bastante interessantes.
Eu não sou instalador de GPL, mas já tenho alguma experiência nesta área.
Eu dou formação de electrónica digital e microcontroladores e alguns anos atrás desenvolvi uma centralina de GPL baseada num microcontrolador da Microchip para aplicar no meu carro.
O comportamento do software foi feito em função dos conhecimentos que um instalador de GPL (meu amigo) me passou.
Os injetores e o redutor de pressão pertencem a kit antigo (STARGAS), a centralina e o software de gestão são da minha autoria.
Eu tenho a dizer que o GPL funciona muito bem, e o meu carro (Honda 1.6 vtec) está a gastar entre 7 e 7,5 litros aos 100kms a GPL.
No timing de injeção do GPL, utilizo uma técnica de desfasamento (feito em sofware) nos momentos de injeção para melhorar a mistura do GPL com o ar no coletor de admissão.
Recentemente construi tambem uma centralina de GPL para motores diesel (30% GPL e 70% diesel). Esta centralina já se encontra a circular em teste em duas auto-caravanas.

Paulo Vaz comentou:
09/09/2015 17:17

Boa tarde.. João marques tenho um honda 1.6 vtec tb.. Consegue fazer alguma alteração no carro que faça com que gaste esses 7 litros ou 7.5 l aos 100 Klm.. Alem disso o João não tem tido problemas em relação ao Gpl? O meu carro agr da-me um barulho estranho quando muda de gasolina para Gpl.. quando se acelera O carro faz um barulho estranho, mas só em GPl.. a gasolina o cvarro não faz esse barulho… Aguardo uma resposta.. obrigado

Vítor comentou:
09/10/2015 09:14

Bom dia,
Antes de mais, obrigado pelo esclarecimento em relação ao GPL, no entanto continuo com uma dúvida: Existe algum problema se quiser andar com o carro a gasolina mesmo tendo ele o sistema GPL instalado? A minha pergunta prende-se pelo facto de a bomba que tem abastecimento GPL mais perto de minha casa ficar a cerca de 7km. e pelo facto do veiculo em questão ser um jipe e preferia andar com ele a gasolina no monte (para não se verificarem perdas na performance) e a gpl na estrada.
Agradeço possíveis repostas.
Muito obrigado
Continuem o bom trabalho!

Eduardo comentou:
11/10/2015 13:27

Vítor não existe qualquer problema, o sistema de gasolina continua a funcionar da mesma forma, é por isso que se chamam a estes veículos de Bifuel, podem circular com os dois combustíveis.

Em relação à performance, só se estiver a falar de um kit antigo aspirado para um carro a carburador, nos kits de injecção sequencial não existe perda de performance (a não ser que a afinação esteja mal feita) e nos kits de injecção liquida até existe um ligeiro aumento de binário.

RUi Fernandes comentou:
09/12/2015 18:30

Boa Noite tenho um punto de 2002 com sistema Landi Renzo que de manhã tenho de fazer 3 km para passar a gasolina e de quente demora cerca de 1 minuto.Agora em relantim parece estar atrabalhar em 3 cilindros será algum injector?Existe forma de passar mais rápido a gpl?

Eduardo comentou:
14/12/2015 19:51

Rui Fernandes contacte o seu instalador para verificar como está programada a passagem de gasolina para gás, dependendo dos kit instalado pode ser possível a quente reduzir o tempo que trabalha a gasolina, nalguns para 30 segundos.

J.Ricardo comentou:
19/12/2015 15:45

Boa tarde, comprei recentemente um citroen xsara 1.4i break convertido a gpl que no meu ver está a funcionar em perfeitas condições e reparei que em subidas em circuitos urbanos, que foi onde circulei mais, o carro morre muito, perde velocidade, é normal acontecer ou terá algum problema de compressão ou de afinação?
Aguardo comentários de alguém com experiência pois é a minha primeira experiência com o gpl.
Obrigado a todos!

Eduardo comentou:
23/12/2015 01:40

J.Ricardo é um kit de injecção ou um kit aspirado?

Diana Brandão comentou:
28/12/2015 20:31

Boa noite, converti o meu automóvel no mês passado para GPL. Na altura o instalador disse-me para meter apenas GPL Galp ou BP, pois sujavam menos o sistema e os filtros do GPL. Tenho tentado pesquisar na internet algo a respeito, mas não encontro nada. A bomba mais perto de minha casa com GLP é uma REPSOL. Será que alguém me consegue esclarecer qual é de facto a melhor marca de GPL com que devo abastecer? Obrigada!

Eduardo comentou:
28/12/2015 22:09

Diana Brandão o GPL da Repsol tem uma mistura superior de butano que lhe dá mais rendimento (faz mais quilómetros com menos dinheiro).

O butano tem normalmente uma espécie de óleo em maior quantidade que o propano, mas fazendo as mudas normais do filtro do GPL não irá ter problemas. Eu tinha instalado um kit Tartarini, que nem era dos melhores cotados em qualidade, e era rara a vez que não usava GPL da Repsol e fiz 125.000km com ele antes de o vender e pelo que sei ainda roda por ai.

Portanto pode estar descansada.

Diana Brandão comentou:
28/12/2015 23:51

Muito obrigada pela ajuda Sr. Eduardo!
Da próxima vez que abastecer vai ser na Repsol!
:)

J.Ricardo comentou:
02/02/2016 02:28

Boas Sr. Eduardo, eu não sei qual o kit que tem instalado na minha xsara 1.4i break, só vou poder saber daqui por 2 meses pois estou ausente do pais, obrigado pela atenção!

Fernando comentou:
16/03/2016 11:45

Boas,
Antes de mais parabéns pelo excelente conteúdo deste Forum! Gostava de receber alguns esclarecimentos, que tipo de kit aconselha para um BMW 316 ti compact com cerca de 92.000kms. Já agora brc, Prins ou lovato? Perto da zona de Aveiro quem aconselham como montador?

Obrigado pela ajuda

Eduardo comentou:
20/03/2016 00:00

Fernando perto de Aveiro tem a Cuco Autogás. Qualquer uma das 3 marcas que indica tem provas dadas, veja com o instalador qual o kit que melhor se adapta ao seu carro e opte por esse.

Álvaro Pontes comentou:
01/05/2016 18:29

Sr.Eduardo
Estou a pensar comprar um SUV Mercedes-Benz ML 200 de 1998, com 150.000 Km já com sistema GPL., carros que consomem muito
Acontece que em 1º lugar duvido da quilómetragem tão pouca passados tantos anos. Não sei em que altura passou para GPL e se o sistema é sequencial.
Quanto aos Quilómetros do carro, é fácil mudar o contador por outro, daí apresentar tão poucos
Se levar um mecânico que eu conheço, para ver o carro, este não sabe nada de GPL.
O que posso fazer ?
Atentamente
A.Pontes

Eduardo comentou:
03/05/2016 10:26

Álvaro Pontes o melhor é dirigir-se a um instalador. Se conseguir ver a marca do kit (normalmente no comutador ou na centralina de GPL) pode encontrar um instalador que trabalhe com a marca e lhe dê alguma informação adicional.

Tem também o fórum Autogas, se partilhar por lá uma foto do comutador possivelmente conseguem identificar a marca e talvez o tipo de kit instalado.

Rui comentou:
29/05/2016 18:18

Boa tarde
Parabéns pelo blog
Tenho um kit BRC instalado num honda Hrv
Acendeu uma luz vermelha d fui ver e Tem o deposito para colocar um líquido vazio
Posso colocar óleo para carros a gás neste deposito?
Obrigado
Rui

Eduardo comentou:
08/06/2016 00:48

Rui confirme com um instalador uma vez que existem vários tipos de aditivos para as válvulas (Flashlube, LiquiMoly, JLM, etc) e por vezes os kits não são compatíveis com diferentes tipos de aditivos.

Diogo Barata comentou:
30/06/2016 01:24

Boa noite,

Tenho um Honda civic 1.4 de 2001, 1400cc 90c,estou interessado em equipa lo com kit GPL mas depois de contactar alguns instaladores fico com algumas dúvidas em relação à lubrificação de válvulas..

Uns dizem que flashlube é a melhor solução outros dizem que o flashlube não é viável porque não lubrifica uniformemente as válvulas e aconselham me a instalar um kit brc que usa uma percentagem de gasolina para lubrificar as válvulas..

Uns dizem me que essa lubrificação é de 15% de gasolina constantes e outros indicam que esses 15% funcionam como máximo, ou seja só chega a este limite quando ultrapasso determinadas rotações.

Fico na duvida do que fazer, pois quero a melhor relação qualidade preço mas também não quero danificar motor do carro..

Eduardo comentou:
30/06/2016 23:31

Diogo Barata do que tenho conhecimento o que essa programação no kit faz é a partir de certas rotações começa a consumir gasolina em vez de GPL.

Sobre o Flashlube já ouvi também essa opinião, aliás até apareceram outros kits de lubrificação no mercado, alguns agora electrónicos que controlam a quantidade de aditivo injectado consoante as rotações do motor. Mas com estes não tenho experiência, será melhor tentar obter mais informação sobre o seu funcionamento e fiabilidade.

Margarida comentou:
27/08/2016 18:49

Boa tarde, gostaria de ter um conselho importante de um Mercedes c180 a GPL do ano 2001 com 129 PS e ja 220.000km em cima, vale a pena comprar EM todos os sentindos carro alemao… obrigada

Eduardo comentou:
03/09/2016 00:53

Margarida tudo depende do estado em que se encontra o carro. O ser Mercedes ou alemão valem zero num carro com 15 anos se não tiver sido mantido com os devidos cuidados.

vlad comentou:
04/09/2016 17:22

boa tarde a todos.alguem pode me dizer,se existe diferença entre kit gpl Landy e Brc?ambos foram instalados em 2010-2011.ambos de injecçao sequencial.qual emelhor deles?obrigado por resposta

Eduardo comentou:
10/09/2016 12:27

Vlad o que interessa realmente é que o kit esteja devidamente afinado e que perto da sua área de residência tenha um instalador que trabalhe com uma dessas marcas.

Antunes comentou:
06/01/2017 19:57

Boa noite!
Parabéns pelo guia! Muito bom mesmo!
Pretendo adquirir uma viatura económica e estou a ponderar comprar um Ford Puma motor 1.4 90cv com um sistema GPL TRANTINI instalado (sistema multiponto).
Alguém conhece este sistema Tarantini? Será fiável? Fará sentido nesta viatura?
Obrigado

Patricia comentou:
02/03/2017 20:03

Olá, boa noite. Bem tenho um opel astra G 1.4 Club do ano 2000, gostaria de saber se acham que é um carro bom para converter a gpl? apesar de ser um 1.4, como é a versão eco não consome assim tanto como outro carro com a mesma cilindrada iria. Mas tenho duvidas se compensa, se depois de instalar terei de constantemente estar a fazer manutenção e gastar ainda mais dinheiro? obrigada

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.