Os carros a GPL não explodem

Ainda sobre o acidente da A25, o Jornal de Notícias fez capa com o título “Inferno na Estrada” e o subtítulo “Duas das vítimas carbonizadas em carro movido a GPL”. Muitos outros meios de comunicação social também fazem questão de frisar que um carro a GPL esteve envolvido no acidente e foi carbonizado.

Já anda tudo a dizer novamente que os carros a GPL explodem e aí jesus se passam por uma lomba mais depressa que vai Portugal pelos ares!

Então e o pesado com produtos inflamáveis? E o relato de um dos camionistas? Passo a transcrever, na notícia do Público: “Vinha a 60 ou 70 quilómetros por hora, mas já não deu para fazer nada. E quando bati, o camião começou a arder”

Então ardem tantas viaturas, incluindo pesados com produtos inflamáveis e a culpa é da viatura a GPL que não explodiu, apenas ardeu como os restantes a gasolina e gasóleo?

Existem vários testes a carros a GPL, alguns efectuados pelos fabricantes, outros por organismos independentes como a MIRA ou a ADAC. Deixo aqui aos interessados um teste da ADAC sobre um carro a GPL num crash-test e num incêndio.

Num país onde é prática comum em casas antigas colocar uma botija de gás sem qualquer válvula de segurança ao lado de um fogão, parece-me estranho toda esta preocupação com os explosivos carros a gás que afinal, como demonstrou a ADAC no vídeo acima assim como outras entidades, não explodem.

Um carro arder pode acontecer a qualquer um e normalmente o culpado é o circuito eléctrico porque mesmo com o carro desligado está sempre a trabalhar e tem sempre energia. Numa colisão temos não só o circuito eléctrico como os derrames de combustível (gasolina e gasóleo).

Gostava de ver uma resposta por parte da APETRO, da ANIC-GPL ou do ACP aos órgãos de comunicação social sobre este tema, é que já cansa tanta ignorância onde um incêndio de um automóvel é uma coisa normal, mas se for um carro a GPL já é uma catástrofe!

MG Metro 6R4Top GearUm Taxi de Portugal

Comentários a “Os carros a GPL não explodem”

slow-mo comentou:
25/08/2010 13:57

vi as fotos do deposito que meteste no forum do autohoje. os jornalistas sao ignorantes

PCosta comentou:
25/08/2010 19:13

Não pertences à Anic? Pelo menos está lá um artigo igual ao teu, com o mesmo vídeo e tudo

Eduardo comentou:
25/08/2010 19:20

slow-mo estão também lá fotos (no link para o fórum Autogás) do bocal de enchimento de cobre que não está danificado. O mesmo material é utilizado no tubo que vai da válvula de segurança do depósito à válvula de corte no cofre do motor.

PCosta não pertenço nem estou associado à ANIC-GPL.

Eduardo comentou:
29/08/2010 15:49

Ora, o FF agora é famoso ;) Obrigado pelo link, ainda não o tinha visualizado. É bom ver que existe uma associação que se mexe pelos direitos dos consumidores de GPL, só é pena não divulgarem mais as suas acções, ganhariam certamente mais associados assim.

Espero bem que esta reportagem ajude a reduzir o estigma dos carros a GPL e que toda esta desinformação não venha tornar mais difícil a abolição do dístico e da proibição de estacionamento em parques subterrâneos.

Adicionar um comentário

Quer adicionar uma imagem pessoal ao seu comentário? Registe-se gratuitamente em Gravatar

Adicionar comentário

Copyright © 2005 - 2017 Gosto mais de Carros do que Chocolates. Alguns direitos reservados.
gostomaisdecarrosdoquechocolates.com - As opiniões, críticas e pensamentos de um "petrolhead"
Ao navegar neste site está a concordar com os termos legais e de privacidade.