Eu sou o Aquecimento Global e tenho muito medo de Portugal

Publicado a por Eduardo

Poluição DieselDesculpem a linguagem utilizada, mas quem foram os mentecaptos num brilhante momento de paralesia cerebral que se lembraram de reduzir a velocidade máxima nas AE de 120 para 118 e reduzir os dias de serviço dos taxis para 6 com o entuito de reduzir as emissões de CO2 de uma forma eficiente? Podem-me explicar como se tivesse 4 anos?

Que rico país onde os automóveis servem de bode espiatório e a velocidade é a fonte de todos os males! Não tem problema nenhum tirar catalisadores e filtros de particula fora, muito menos fazer uma AE inteira em 3ª no red-line, o importante é não passar dos 118km/h e só andar 6 dias por semana, isso sim é ecológico.

A minha solução é muito estúpida e por acaso já tem sido aplicada noutros países, cambada de otários que nós somos. Penalizam-se as industrias poluentes, no entanto incentiva-se a modernização dessas industrias para a utilização de processos e máterias primas amigas do ambiente, altera-se as fontes de energia nacionais para algo mais económico e menos poluente (eólica, solar e porque não a nuclear?), passava a ser obrigatório os transportes públicos funcionarem a gás natural, electricidade ou hidrogénio com postos de abastecimento mais baratos e exclusivos para os mesmos. Só aqui a dita "factura de Kyoto" já tinha reduzido bastante. Depois poderiam existir ajudas governamentais para a transformação dos carros actuais a gpl ou gás natural.

O mais engraçado disto tudo, e eu detesto concordar com os americanos, é que esses não quiseram saber de Kyoto para nada e no entanto têm reduzido bastante os seus níveis de poluição, e lá os limites continuam os mesmos assim como os taxis continuam a circular 7 dias por semana.

Obriguem primeiro à renovação das frotas de transportes públicos, especialmente os táxis e a famosa Rodoviária de Lisboa e depois vejam os níveis de CO2, SO2, HC e NOx a descer. Não é com campanhas de sensibilização para reduzirmos 2km/h na nossa velocidade que vamos resolver alguma coisa.

Artigos relacionados

Como é conduzir um Opel Ampera? Análise após 10.000km
Como é conduzir um Opel Ampera? Análise após 10.000km
O meu veredicto sobre como é viver com um Opel Ampera após 10.000km. O Ampera é a versão europeia do Chevrolet Volt, um E-REV que permite circular em modo 100% eléctrico e tem um gerador a gasolina quando acaba a autonomia eléctrica.
O ministro Street Racer!
O ministro Street Racer!
O ministro da economia Manuel Pinho foi apanhado a 212km/h sem ser multado, alegando "interesse público".
Alguém em Espanha abriu os olhos!
Alguém em Espanha abriu os olhos!
Parece que em Espanha alguém acordou, infelizmente já acordaram tarde mas ao menos andam com medidas mais sérias para reduzir as...

Comentários

Revoltado
Revoltado
07/09/2006 16:47
Se não querem mais cenas destas votem PCP na próxima.
Eduardo
07/09/2006 16:59
Eu sou a favor de discussões saudáveis, acho que esses argumentos de culpar o governo porque é do partido X é irreal. Seja que partido for, esta medida é estúpida, de tal forma estúpida que deita abaixo quem a idealizou.

Está aqui comprovado que reduzindo apenas 2km/h à nossa velocidade de 120km/h que poucos cumprem já conseguimos reduzir drásticamente as emissões de CO2. Isto então quer dizer que se atacarmos o problema a sério conseguimos reduzir significamente as emissões poluentes e o efeito de estufa.

Então se requalificarmos os transportes públicos para gás natural, se apostarmos na conversão dos automóveis dos cidadãos para gpl e promovermos o uso dos motociclos para circulação na cidade, e se no topo de tudo isto apostarmos em energias renováveis para a produção de electricidade temos uma boa parte do problema resolvido e nem chateamos as industrias que fazem falta neste momento ao país.

Porque acabaram os bancos com linhas de crédito que serviam para financiar a aquisição de equipamentos relacionados com energias alternativas?

Seja que partido for, PNR ou BE, estas deviam ser algumas das medidas a ser equacionadas, ideais políticos à parte somos todos seres humanos e cidadãos de Portugal e é por isso que devemos lutar, não é pelas cores de um partido!
Samuel
Samuel
07/09/2006 20:50
Camarada Revoltado antes partir um braço do que votar no PCP que anda a apoiar organizações terroristas!
Samuel
Samuel
11/09/2006 14:41
O Revoltado deve estar muito contente por terem apanhado o Manuel Pinho e o deixarem ir embora.
Eduardo
11/09/2006 15:06
Realmente é vergonhoso termos tanto ministro street racer. Já com a campanha do Mário Soares o "interesse público" teve polémica, mas eu não vejo ninguém a fazer nada, talvez culpa dos jornalistas que se calam cedo?

Adicionar comentário

Obrigado, o seu comentário encontra-se a aguardar aprovação. Receberá um email quando este for publicado
Existem erros no formulário, por favor reveja os campos assinalados.
O seu email apenas é usado para controlo de Spam e apresentar a sua imagem personalizada através do serviço Gravatar